segunda-feira, 11 de março de 2019

Parecia impossível, mas criminalidade começa a cair no RN. Em fevereiro, redução da violência foi de 42,7%


Por Emanuel Neri
Parecia difícil, até dificílimo. Parecia até que jamais isso poderia acontecer.
Mas, como o impossível também acontece, a criminalidade no Rio Grande do Norte começou a cair, e de forma significativa, nos dois primeiros meses de 2019 – janeiro e fevereiro. E a queda da violência ocorre, coincidentemente,  com o início da administração da governadora Fátima Bezerra (PT) no Estado.
Vamos aos números. Entre janeiro e fevereiro de 2019, dois primeiros meses da administração Fátima, o RN registrou 232 mortes de forma violenta, contra 388 no mesmo período de 2018, na administração de Robinson Faria (PSD). Foram exatamente 156 mortes a menos do que o registrado no ano passado.
Quando comparado apenas o mês de fevereiro de 2019, a diminuição da criminalidade no RN é ainda maio. Isso quando confrontado com o mesmo período de 2018. No último mês de fevereiro houve 102 mortes violentas contra 178 em igual período de 2018. A redução entre um mês e outro foi de 42,7%. E não houve um único caso de feminicídio (morte de mulheres por motivo passional).
É claro que você pode fazer várias leituras destes números. A redução da criminalidade (morte violenta é o principal indicador da criminalidade) pode não ser ainda uma tendência da queda da violência no Estado. Mas é um bom sinal para a segurança pública do RN. Convém esperar as estatísticas policiais dos próximos meses.  
O fato é que a estrutura de segurança pública do RN (aí incluindo as polícias militar, civil e rodoviária) está trabalhando de forma mais motivada. A Operação Verão, realizada nos dois primeiros meses do ano, foi um bom sinal desta motivação policial. São Miguel do Gostoso teve policiamento reforçado neste período.
Para a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), comanda pelo coronel Francisco Araújo, a redução da criminalidade também se deve a um trabalho integrado com base na lógica da análise criminal e da proatividade da ação policial. Também atribui à queda da violência à Operação Verão (na foto, a governadora com policiais na Operação Verão em São Miguel do Gostoso).
Em verões anteriores, a Operação Verão, criada há algum tempo, não foi realizada – ou ocorreu com força bem reduzida. A governadora Fátima praticamente recriou a Operação Verão, com uso de equipamentos policiais, inclusive helicóptero. E pagou diárias operacionais para que policiais de folga trabalhassem.
Todo este esforço contribuiu para que caíssem os números da criminalidade, principalmente na faixa de litoral do RN, onde a Operação Verão esteve mais presente. A governadora tem alguns planos para estimular ainda mais o empenho da polícia. Um dos seus planos é criar um seguro de vida para cada policial.
O Rio Grande do Norte, incluindo Natal, a capital, sempre foi referencia em baixa criminalidade. Mas já faz tempo que este sonho acabou. Nos últimos anos, O RN passou a ser um dos Estados brasileiros com mais alto índice de violência.
Se a governadora Fátima conseguir controlar a violência do RN será, com certeza, um grande feito de seu governo. Ainda é cedo para dizer que isso vai acontecer. Mas, baseado nos dois primeiros meses do ano, dá para acreditar que algo esta mudando - e que a criminalidade local pode voltar a índices aceitáveis.
São Miguel do Gostoso é um exemplo desta redução da criminalidade. No verão deste ano não houve nenhuma ocorrência grave registrada - ao contrário de janeiro de 2018, quando ocorreu um “arrastão”, realizado por criminosos, na praia do Tourinhos, principal carão postal e turístico do município.

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Para entender melhor o que está por trás das ações da PM que apreendem motos em São Miguel do Gostoso


Por Emanuel Neri
Desde o início do ano, São Miguel do Gostoso ficou surpresa e agitada com uma certa rigidez da Operação Verão, da Polícia Militar, que está ocorrendo na cidade.
Motos sem documentos, ou dirigidas por pessoas sem habilitação, foram  apreendidas pela fiscalização. Os veículos (foto) ficam no pátio da PM, na cidade, ou são levadas para o Detran, em Natal. Somente com a apresentação de documentos, motos – e outros veículos também apreendidos – são liberados. A Operação Verão está ocorrendo em todo o litoral do RN.
Este tipo de ação policial, em especial no trânsito, provocou um certo mal-estar na cidade. Afinal, muitos alegam, não é justo que uma moto sem documentos, dirigida por um trabalhador, seja apreendida. Da mesma forma, condenam que motociclistas tenham seus veículos apreendidos por não terem habilitação para dirigir.
Segundo a polícia, é importante explicar o que está por trás destas apreensões de motos e outros veículos. A polícia diz que muitas das motos que circulam na cidade têm origem em roubos ou assaltos – por isso não tem documentos. É responsabilidade do Estado combater este tipo de crime.
Além de motos roubadas, a Operação Verão em São Miguel do Gostoso também tem fiscalizado menores dirigindo motos e outros veículos (como quadriciclos), falta de equipamentos de segurança, como capacetes, e outras irregularidades. Nos últimos dias,motoqueiros têm usado mais capacetes, na cidade.
Também sumiram das ruas as motos que andam com canos de escape adulterados. O uso do capacete pelos motociclistas e o fim das motos barulhentas já é um sinal de que a Operação Verão está pondo um pouco de ordem na desordem generalizada do trânsito de São Miguel do Gostoso.
Voltando ao caso de motos apreendidas, com origem no crime e fruto de roubos.
Para estancar este tipo de crime, principalmente com motos, a polícia tem que apreender estes veículos. Se nãohouver fiscalização, a prática deste crime realimentada, havendo mais roubos. Ela ocorre assim: a moto é roubada e vendida por preço, geralmente muito baixo, mas sem nenhum documento do veículo.
Depois, a moto pode ser novamente roubada – e o crime continua.
E esta grave ocorrência de motos roubadas não ocorre só em São Miguel do Gostoso. Este tipo de prática ocorre em quase todas as cidades brasileiras, principalmente as do interior do país, onde é mais difícil haver fiscalização severa sobre motos  e também de outros veículos que são frutos de roubos.
No caso das motos sem documentos, com provável origem em roubos, segundo a polícia, a história é esta.
Mas, no caso de motociclistas e motoristas de carros sem carteira de habilitação, a história é outra. Isso ocorre na maioria das vezes porque o dono da moto, analfabeto ou semianalfabeto, nãoconsegue aprovação no exame para tirar a carteira de habilitação.
O caso aqui, como vocês podem perceber, é bem menos grave do que quem circula em motos com origem em roubos. Mas o próprio Detran/RN pode ter uma solução para motoristas inabilitados, em sua maioria pobres, por falta de maior escolaridade. Vejam o que pode ser feito com estes motoristas.
Uma moradora da cidade, Rita Luziet, entrou em contato com o Detran para ver como resolver este problema. Ela falou com um setor  daquele órgão, chamado Detran/Educação, que realiza cursos preparatórios para pessoas, de baixa escolaridade, que querem tirar suas carteiras de habilitação.
Rita agora está cadastrando pessoas que queiram participar deste curso preparatório, que deve ser realizado em São Miguel do Gostoso. Há centenas de casos deste tipo no município. Para participar deste cursinho, basta se cadastrar, enviando email para Rita. Email: ritaluzietsilva@gmail.com.
Mas este é apenas um primeiro passo para tentar solucionar o problema destes motoristas sem habilitação. Não existe nada ainda de concreto com o Detran. Tudo vai depender da mobilização em torno desta iniciativa e do cadastro das pessoas interessadas. Vele informar que, se concretizado, atenderá apenas pessoas semianalfabetas.
No email, os interessados no cursinho para a carteira de habilitação devem colocar três informações: nome completo, idade e escolaridade. Bem fácil. Importante fazer isso. Só assim motoristas ou motociclistas, que não estão habilitados para dirigir, poderão se ver livres das blitz policiais na cidade.
É importante que pousadas e outros estabelecimentos comerciais da cidade estimulem seus empregados, que ainda não tem habilitação, a fazerem a inscrição para este cursinho do Detran. Dependendo do número de inscritos, o Detran poderá realizar este curso preparatório para habilitação de motoristas.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Tombamento do Tourinhos, São Miguel do Gostoso. Vai além da bela praia com pôr do sol deslumbrante


Por Emanuel Neri
São Miguel do Gostoso tem um tesouro de grande valor que, só agora, começa a ser descoberto.
Este valioso tesouro é formado pelas dunas petrificadas da praia do Tourinhos. Também conhecidas por falésias doTourinhos, aquela espécie de formação rochosa, com mais de dois mil anos de existência, é um patrimônio de grande importância natural, histórico e geológico que precisa ser preservado.
Estudos recentes, feitos por geólogos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), constataram que ali há resquícios de um sítio arqueológico com presença de fósseis milenares. Estes estudiosos recomendam o tombamento imediato do Tourinhos, para evitar seu processo atual de deterioração.
Além disso, as falésias do Tourinhos também têm a finalidade de preservar aquela praia do avanço do mar.
Foi para discutir este assunto que a AEGostoso (Associação de Empreendedores de São Miguel do Gostoso) trouxe à cidade, na noite da segunda-feira (4/2), na Câmara Municipal, a procuradora do Estado Marjorie Madurga, responsável pelo patrimônio e defesa ambiental do Rio Grande do Norte.
Além de Marjorie e de associados da AEGostoso, também estava presente o secretário Fernando Castro, responsável pelo meio ambiente e gerenciamento costeiro de São Miguel do Gostoso. Fernando falou de providências da Prefeitura para a organização das barracas locais e do novo traçado da estrada que passa ali.
Tourinhos é apontada como uma das dez praias mais bonitas do Brasil. Com um pôr do sol ali deslumbrante, é o maior ponto de atração turística de São Miguel do Gostoso. Ali há  presença constante de turistas de várias partes do Brasil e de outros países. A  praia e sua falésia estão correndo agora sérios riscos.
O turismo ali é desordenado. As barracas não apresentam condições de higiene e a praia é invadida por carros tracionados, motos e quadriciclos destruindo e o meio ambiente e pondo em risco a vida de banhistas. Alguns destes veículos sobem na falésia, danificando seriamente aquele patrimônio natural.
Se isso não bastasse, há naquela praia centenas de ninhos de tartarugas e a presença de outros tipos de animais que sofrem enormemente com o trânsito destes veículos na orla e nas dunas de Tourinhos.
Pois agora tudo isso pode mudar. A procuradora Marjorie ensinou o caminho para que se inicie o processo de tombamento das dunas petrificadas do Tourinhos. Se quiserem salvar aquele patrimônio, segundo Marjorie, Estado, município e comunidade têm que dar as mãos para começar o processo, já, de tombamento.
Marjorie sugeriu que seja realizada uma audiência pública como primeiro passo para tombar aquele patrimônio natural. A audiência seria organizada por Prefeitura, Câmara Municipal, setor empresarial, ONGs e conselhos municipais. O passo a seguir será um abaixo assinado pedindo o tombamento ao Estado.
Com o tombamento, Tourinhos ampliará sua atração turística e ganhará status de patrimônio cultural e ambiental, com a garantia de que a lei e a comunidade cuidarão de sua preservação. Tombado, a lei prevê punições severas a qualquer pessoa que provoque danos àquele patrimônio.     
Não são muitos municípios no Brasil que guardam um tesouro como as dunas petrificadas e a própria praia do Tourinhos, enseada belíssima que se estende por mais de 5km de praias virgens,  com águas mornas e claras. Preservar este rico patrimônio é dever do Estado, do município e da comunidade local.
Depois da reunião da Aegostoso, um empresário local, Ademar de Almeida, escreveu um texto, dirigido aos associados da entidade, com um titulo inspirador para o movimento que São Miguel do Gostoso deve abraçar a partir de agora. “Tourinhos, muito mais do que um maravilhoso pôr do sol” , diz.
De fato, o tombamento do Tourinhos vai muito além da presença de uma belíssima praia e de um pôr do sol mais que deslumbrante.
O caminho está aberto para o tombamento das dunas petrificadas do Tourinhos. A procuradora Marjorie prometeu acompanhar o processo e orientar os passos a serem tomados para a adoção desta medida. Ela voltará a São Miguel do Gostoso, junto com Idema e geólogos da UFRN, para a audiência pública.
Abaixo, links com informações sobre a situação do Tourinhos, inclusive reportagem recente do jornal Folha de S. Paulo responsabilizando a “falta de educação”, por parte dos frequentadores daquela praia, para o processo de destruição rápida daquele patrimônio. Veja também post da campanha “SOS Tourinhos”.

domingo, 20 de janeiro de 2019

Segurança pública no RN pode melhorar. São Miguel do Gostoso entrega documento à policia com pedidos


Por Emanuel Neri
E São Miguel do Gostoso, como de resto todo o Rio Grande do Norte, tem uma grande chance de melhorar seus problemas com segurança pública.
A nova governadora do RN, Fátima Bezerra, tem planos especiais para dotar o Rio Grande do Norte de maior e melhor segurança. Desde que assumiu o cargo, no início de janeiro, Fátima tem adotado medidas para melhorar a segurança e a integridade do cidadão e dos turistas que vistam o Estado. O comando da Segurança Pública tem feito várias ações no RN.
Quem estava (ou visitou) em São Miguel do Gostoso neste final de semana percebeu a grande quantidade de policiais nas ruas da cidade. O reforço policial faz parte da Operação Verão (foto), ações para mais segurança em áreas de veraneio e turismo do RN, especialmente os principais pontos turísticos.
Além de inúmeras viaturas, houve até mesmo o uso de um helicóptero da policia. Veículos sem documentos, especialmente motos, foram apreendidos. Usuários de quadriciclos também foram abordados.
Na semana passada, a Operação Verão ocorreu no litoral Sul, em especial Pipa. Neste último final de semana, a operação se dividiu e veio também ao litoral Norte, especialmente São Miguel do Gostoso. A governadora, que passou sábado e domingo na cidade, visitou pontos de ações dos policias, na tarde do domingo.
São Miguel do Gostoso está se mexendo para dotar o município de mais segurança. Na última quinta (17/4), documento da AEGostoso foi entregue ao alto comando da Segurança Pública do RN. Além da AEGostoso, estavam na reunião representantes da Prefeitura, Câmara Municipal e Conselho de Segurança.
O documento da AEGostoso, que também foi entregue à governadora, neste final de semana, elenca quatro pontos que poderão melhorar a qualidade da segurança pública na cidade e nos distritos do município. Veja estes pontos:
1)Criação de um Pelotão Turístico na cidade, a exemplo do que já existe em Pipa, com aumento de efetivo policial e de equipamento militares.
2)Implantação de delegacia da Polícia Civil na cidade para investigar ações criminais e lavrar boletins de ocorrências de pessoas vítimas de violência.
3)Fiscalização do trânsito nas ruas e praias da cidade e disciplinamento do uso de quadriciclos.
4)Medidas para que os veículos policiais da cidade sejam abastecidos aqui mesmo ou em Touros, sem necessidade de ir até Natal para abastecimento.
Liderados pelo secretário da Segurança, coronel Francisco Araúujo, que estava acompanhado de todos os comandantes da polícia, o secretário deu respostas muito positivas aos pedidos de São Miguel do Gostoso. Prometeu, na medida do possível, atendê-los.  A governadora também prometeu medidas para ajudar na segurança da cidade.
As autoridades de segurança pediram à Prefeitura de São Miguel do Gostoso que adote algumas providencias para que o Detran e a Polícia de Trânsito tenham mais autonomia para fiscalizar o trânsito nas ruas e praias da cidade.
Neste domingo, a governadora fez questão de visitar o posto policial da cidade. Estava acompanhada de seu secretário de Segurança, do comandante da PM, coronel Alarico Azevedo, além de outros comandantes militares. E criticou a pequena casa em que os policiais locais ficam alojados.
Para a governadora, o poder público municipal, junto com empresários, devem colaborar para que o comando do policiamento tenha um lugar adequado para se instalar. Além de pequeno, o espaço da polícia, que também serve para atender a população, é quente e quase sem nenhuma ventilação.
Nesta quarta-feira, dia 23/1, o Conselho de Segurança de São Miguel do Gostoso vai se reunir, pela manhã, na Câmara Municipal. O comandante da PM diz que enviará o major que comanda o policiamento regional, que fica em João Câmara, para acompanhar e ouvir sugestões na reunião do Conselho.
Qualquer cidadão de São Miguel do Gostoso pode participar desta espécie de audiência pública do Conselho de Segurança. Participe e discuta ali as sugestões que, na sua opinião, podem melhorar a segurança da cidade. O Conselho engloba todos os tipos de segurança, inclusive o do trânsito nas ruas e praias da cidade.
Não é só São Miguel do Gostoso que pode se beneficiar com a nova política da Segurança Pública do RN. A governadora diz que, brevemente, adotará medidas importantes nesta área, como seguro de vida para policiais. Fátima está pagando as chamadas “diárias operacionais”, que é pagamento em dias de folga, para fortalecer o policiamento nas cidades, como é o caso da Operação Verão.
O fato é que, em governos anteriores, não se via tanto empenho para que o RN consiga melhorar sua estrutura de segurança pública. Agora isso começa a aparecer.
Abaixo, links com reportagens sobre operações policiais que estão correndo no RN neste início de governo, inclusive blitz para punir motoristas embriagados.