quarta-feira, 4 de março de 2015

Como Natal e Pipa, São Miguel do Gostoso terá o Fest Bossa & Jazz, atração musical de primeira qualidade



Por Emanuel Neri
Além de ótima mostra de cinema, São Miguel do Gostoso vai ter também música de excelente qualidade.
Nos dias 2 e 23 de agosto deste ano, a cidade vai ser sede da primeira etapa do Fest Bossa&Jazz. É a primeira vez que São Miguel do Gostoso vai receber um festival desta importância, com a participação de excelentes músicos nacionais e internacionais.
Este festival já existe em Natal desde 2010. Em 2012, ele chegou a Pipa (foto) e este ano desembarca em São Miguel do Gostoso. Depois das apresentações dos dias 22 e 23 de agosto na cidade, o Fest Bossa & Jazz será realizado, no meio da semana, em Natal. No final da semana seguinte, será a vez de Pipa.
Na manhã desta quarta-feira (4/3), o Fest Bossa & Jazz foi apresentado para São Miguel do Gostoso. A reunião foi no Iasnin e contou com a participação da prefeita local, Fátima Dantas, além de pousadeiros e donos de bares e restaurantes. A programação de artistas deste ano ainda não está definida.
O nome destes artistas nacionais e internacionais que se apresentarão na cidade só serão conhecidos a partir de maio. Mas em anos anteriores o Fest Bossa & Jazz troxue excelentes nomes para Natal e Pipa. São nomes de primeiríssima qualidade, nacionais e internacionais, da bossa nova e do jazz.
Só para se ter uma idéia da qualidade dos músicos que se apresentaram em outras versões do festival. No caso de artistas brasileiros, se apresentaram Edd Motta, Ivan Lins, Marcos Vale e Yamandu Costa, Leo Gandelman e Robertinho Silva. Entre os internacionais, atrações do porte do jazzista Stanley Jordan.
A direção do festival – que é coordenado pela empresária Juuçara Figueiredo – promete que este ano o nível de artistas será também de primeiríssima linha.
É bem provável que o Fest Bossa & Jazz seja realizado na praia da Xepa. Além do palco para apresentação de artistas, o evento também terá atividades sócio-ambientais e oficinas para que jovens sejam iniciados na música e aprendam a produzir seus próprios instrumentos.
A exemplo da Mostra de Cinema de Gostoso, o Fest Bossa & Jazz será incorporado ao calendário turístico e cultural da cidade. Ele também atrairá muita gente de Natal e de outras cidades brasileiras para acompanharem o festival. São Miguel do Gostoso precisa deste tipo de evento para movimentar seu turismo.
Este tipo de evento também atrai mídia e dá grande visibilidade para a cidade. Nas versões de Pipa e Natal, há farta cobertura de TV,rádio e jornal. Em Pipa, grande número de pessoas lota pousadas e movimenta restaurantes. Pipa conta com cerca de oito mil leitos – São Miguel do Gostoso tem mais de mil.
O Fest Bossa & Jazz tem incentivos culturais do governo federal (Lei Rouanet), estadual (Lei Câmara Cascudo) e do município de Natal (Lei Djalma Maranhão). Em São Miguel do Gostoso, é bem provável que o evento conte com o apoio de empresas de energia eólica, entre elas a Serveng.
A versão do Fest Bossa & Jazz em São Miguel do Gostoso ainda está dependendo de alguns apoios e patrocínios. Mas sua realização está praticamente definida. A Prefeitura local prometeu colaborar para a sua realização. Após a reunião no Iasnin, houve reunião da prefeita com a direção do festival.
Agora é torcer para que o Fest Bossa & Jazz se concretize. Com certeza este evento será um grande diferencial para a cultura musical e o turismo de São Miguel do Gostoso.

terça-feira, 3 de março de 2015

Assalto a Correios de São Miguel do Gostoso. Não houve violência física, mas todo o dinheiro foi levado



Por Emanuel Neri
E mais uma vez São Miguel do Gostoso foi vítima de um ato violento.
Nesta segunda-feira (2/3), a agência dos Correios foi assaltada por dois homens armados. Era dia de pagamento de aposentados e de funcionários da Prefeitura. Por questões de segurança, os Correios não divulgam o valor que tinha em caixa. Mas todo o dinheiro que estava na agência foi levado.
Era dia de feira em São Miguel do Gostoso. A agência estava cheia de pessoas que queriam receber dinheiro ou fazer utilizar outro tipo de serviço dos Correios. O assalto começou por volta das 8h10, logo depois da abertura da agência. Não houve violência física contra funcionários e pessoas presentes.
Os dois homens estavam vestidos com calça jeans e camisas azuis. Um deles usava  camisa de manga comprida – e um deles usava boné. Um homem ficou na porta dos Correios e outro no interior do prédio, onde estava o dinheiro. Os assaltantes não permitiram que ninguém saísse da agência durante o assalto.
O assalto demorou em torno de 20 minutos. Depois que eles pegaram o dinheiro, saíram a pé e pegaram o carro na avenida dos Arrecifes,na altura da rua dos Dourados. Segundo informações, o carro era um Fiesta verde, que fugiu em direção contrária à BR-101 – provavelmente pela estrada de Parazinho.
Imediatamente após o assalto, a Polícia entrou em ação. A Secretaria da Segurança e o Comando da Polícia Militar foram avisados e prometeram reforços para tentar prender os assaltantes. Policiais de João Câmara e de Touros também foram mobilizados. Mas até agora não há informações sobre prisões.
À tarde, a Polícia Federal também esteve em São Miguel do Gostoso. Seus agentes foram à agência dos Correios para colher mais dados sobre o assalto. Além dos serviços de correspondências, os Correios são responsáveis pelo chamado Banco Postal, com atendimento a clientes do Banco do Brasil.
Câmeras de vídeos dos próprios Correios, tanto interna como externa, captaram imagens do assalto. Os agentes da Polícia Federal tiveram acesso a estas imagens. Os assaltantes não usavam disfarces, como capuzes, que dificultassem sua identificação. Por isso é mais fácil identificar os autores do assalto.
Devido à movimentação de dinheiro pelo Banco Postal, os Correios (foto) são alvo de frequentes assaltos em todo o Brasil. Estas ações ocorrem principalmente em cidades do interior, onde o policiamento é mais frágil. Mas a polícia reclama da falta de melhores mecanismos de segurança nas agências dos Correios.
Segundo a polícia, os Correios deviam, a exemplo dos bancos, ter portas giratórias e detectores de metais, para dificultar a ação de criminosos. Se isso fosse feito, segundo a polícia, haveria mais dificuldade de acesso aos Correios. Do jeito que funciona hoje, qualquer assaltante entra na agência, sem dificuldades.
São Miguel do Gostoso já foi vítima de outras ações semelhantes em caixas eletrônicos  do Bradesco e do Banco do Brasil. Há mais de um ano, caixas do BB, que funcionavam ao lado do Posto de Saúde, foi explodido durante a madrugada. Até hoje o banco não pôs outras caixas eletrônicas para atendimento na cidade.
Por isso, as operações de saques com o Banco do Brasil são feitas na agência dos Correios.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Mutirão nesta sexta-feira para limpar praias urbanas de São Miguel do Gostoso. Limpeza é dever de todos



Por Emanuel Neri
Não faz muito tempo, São Miguel do Gostoso era considerada uma das cidades mais limpas do Rio Grande do Norte. A limpeza de praias e ruas era referência para turistas que chegavam à cidade. A população tinha orgulho desta situação. Até um slogan foi criado para festejar isso.
“Como é gostoso Gostoso limpo. Lixo no lixo”, dizia o lema espalhado em placas e cartazes em alguns pontos da cidade.
De um tempo para cá, devido ao aumento do número de turistas – principalmente de pessoas de cidades próximas que vêm passar um dia de final de semana na cidade – o lixo voltou a aumentar. Quem tem boa memória, vai lembrar que, no final da administração passada, houve descuido com o lixo.
No final de 2012, antes do início da atual administração, o lixo se acumulava nas ruas da cidade. Caminhões de lixo passavam mais de uma semana sem recolher o lixo. Isso enfeiava a cidade, envergonhava a população e causava estragos na imagem turística de São Miguel do Gostoso.
A coisa começou a mudar a partir de janeiro de 2013. Mas aqui e acolá – principalmente nas praias – ainda se encontra lixo, principalmente garrafas pet e latas de cerveja e de refrigerante.
São Miguel do Gostoso tem feito esforço para melhorar esta situação.
Nesta sexta-feira (27/2), um mutirão vai percorrer as praias urbanas da cidade recolhendo todo o tipo de lixo. Este esforço para deixar as praias – da Ponta do Santo Cristo ao Maceió (foto) – mais limpas começa às 7h30.
O mutirão será feito pela Prefeitura, com participação de secretarias municipais, além de ONGs, grupo de escoteiros, Vigilância Sanitária, Serviço de Endemias, escolinhas de futebol, guarderias de kit e windsurfe e Conselho de Segurança. A coordenação geral é da vereadora Francisca Pinheiro.
É ótima esta iniciativa da Prefeitura e da sociedade civil de São Miguel do Gostoso de limpar a cidade.
Durante o ano, vários mutirões deste tipo são realizados. O último foi em novembro. É uma excelente iniciativa porque, além de limpar a cidade, o mutirão conscientiza o cidadão de São Miguel do Gostoso – especialmente os jovens – a manterem sua cidade limpa.
E manter São Miguel do Gostoso limpo é obrigação da Prefeitura, mas também é dever do morador da cidade. Cada um pode contribuir com esta tarefa. E a primeira iniciativa é não jogar qualquer tipo de lixo, por menor que seja, nas ruas e nas praias. Se todos fizerem isso, tudo ficará mais limpo.
Chegou a hora então de todos aderirem e colaborarem com esta boa iniciativa.
São Miguel do Gostoso limpo é referência de cidade que cuida do seu lixo e, por consequência, da sua saúde. E é também sinal de que a população da cidade é suficientemente responsável por não sujar ruas e praias.
É hora de recuperar o velho lema da cidade. “Como é gostoso Gostoso limpo. Lixo no lixo”.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Melhora segurança no RN e São Miguel do Gostoso; homem preso por tentativa de estupro e de homicídio



Por Emanuel Neri
Dá para notar que a estrutura de polícia tem melhorado no Rio Grande do Norte.
Quem anda por Natal, percebe que a cidade está mais policiada. Em São Miguel do Gostoso, começam a surgir sinais de que a estrutura de segurança pública tem melhorado (foto). Quem esteve na cidade no último Carnaval, sabe que jamais houve um esquema de segurança tão eficaz.
Houve casos de violência isolados, mas em todos a PM agiu com rapidez e conseguiu evitar que estes fatos tivessem maiores consequências. A PM local também agiu com eficiência no trânsito urbano e das praias. Veículos foram multados nas ruas e nas praias e motos foram apreendidas.
A Polícia Civil também tem demonstrado que está mais atenta para problemas que surgem na cidade e em toda a região, incluindo Touros. No último domingo (22/2), a polícia agiu rapidamente e prendeu rapidamente uma pessoa no distrito de Umburana, em São Miguel do Gostoso.
Ele é acusado da prática de estupro e tentativa de homicídio. Revoltada, a população de Umburana prendeu o suspeito e o ameaçava de linchamento. A PM agiu rapidamente. Primeiro, um sargento da PM de Parazinho prendeu o acusado. Em seguida, o conduziu a São Miguel do Miguel do Gostoso.
Sob a custódia da PM de São Miguel do Gostoso, o acusado foi entregue ao delegado Marcuse Cabral, que responde pela Polícia Civil em Touros e São Miguel do Gostoso. Imediatamente o rapaz foi encaminhado para um presidio especializado em Parnamirim. Pontos para as Polícias Civil e Militar por agirem com eficiência.
O delegado Marcuse Cabral foi indicado para Touros e São Miguel do Gostoso no dia 10 de fevereiro. Em seguida, ele participou de reunião com o Conselho de Segurança em São Miguel do Gostoso. Nesta quarta-feira, Marcuse volta a cidade para mais uma reunião com o Conselho de Segurança.
Mais que isso. A partir de agora, todas as quartas-feiras o delegado Marcuse dará expediente em São Miguel do Gostoso. Vem com sua equipe – agente e escrivão – para iniciar investigação de casos criminais ocorridos na cidade. Também estará à disposição da população para queixas e denúncias.
Além disso, o agente Val Coutinho, da Polícia Civil, que já atua em São Miguel do Gostoso, estará diariamente à disposição da população, para a abertura de boletins de ocorrência.
Mas, para que a polícia – tanto a militar como a civil – possam executar um bom trabalho, é necessária a colaboração da população. Moradores da cidade têm que procurar a polícia para falar de casos de violência que tenham conhecimento. A presença do delegado na cidade é uma boa oportunidade para isso.
A população tem um papel fundamental na segurança da cidade. Para que a polícia possa ser eficiente em suas ações, é necessário que ela esteja municiada por informações – seja por boletins de ocorrência ou outro tipo de informação – sobre todos os pontos e focos de delinquência existentes na cidade.
Outro órgão que deve ser levado em consideração é o Conselho de Segurança. Até recentemente, São Miguel do Gostoso era o único município do Rio Grande do Norte a contar com um órgão deste tipo. Muitas autoridades que vieram à cidade reconheceram a importância do Conselho no combate à criminalidade.
Então é muito importante que a população também procure o Conselho de Segurança para informa-lo de ocorrências. O Conselho atua não só nas questões de segurança, como em outras relativas ao trânsito na praia e na cidade, casas de festas que abusam de som alto e outras questões que envolvem a segurança do cidadão.
O Conselho de Segurança é um órgão consultivo e não tem poder de polícia. Apenas  auxilia a prefeitura e a polícia para fazer com que a cidade seja mais segura. Ao mesmo tempo, colabora com a polícia para que ela seja mais eficaz no combate à violência. O foco do Conselho é a segurança do cidadão local.
No link abaixo, informação anterior deste blog sobre a nova estrutura de segurança pública em São Miguel do Gostoso.