sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Campanha de Miguel Teixeira (PR) "pisa na bola" ao escolher Centro de Cultura para realizar convenção



Por Emanuel Neri
E a campanha de Miguel Teixeira (PR) a prefeito de São Miguel do Gostoso começa “pisando na bola”.  O local escolhido para a sua convenção desta sexta-feira (5/8) à noite, o Centro de Cultura da cidade, desagradou a adversários e até a algumas pessoas que são correligionários do candidato.
É que ao ser reformado e entregue à comunidade, há dois anos, houve um acordo para que o Centro de Cultura não fosse utilizado com fins políticos partidários. Além desta questão, dois outros impedimentos também faziam parte do acordo: não ser usado para fins religiosos e nem administrativos, como repartição pública.
O responsável pela ampla reforma do Centro de Cultura é Gustavo Tittotto, paulista que mora em São Miguel do Gostoso.  Até então aquele prédio estava inacabado, em ruínas, e tinha feito parte de uma parceria da Prefeitura local com o governo federal. Mas, por questões legais e financeiras, o prédio nunca foi concluído.
Gustavo fez, em 2014, um acordo com a atual prefeita, Fátima Dantas, para reformar o prédio e transformá-lo num importante Centro de Cultura. Praticamente todo o antigo prédio foi destruído porque quase nada dele se aproveitava.Tudo estava em ruínas.  Depois de longa reforma, o prédio foi entregue à comunidade.
Mas o acordo estabelecido é que o prédio não seria usado com fins políticos. “Não gostaria de ver o Centro de Cultura transformado em um palanque político-eleitoral”, diz Gustavo. “Infelizmente o ex-prefeito Miguel Teixeira não está respeitando este acordo”, afirma. “Fico muito triste com isso”. 
Gustavo lembra que Miguel Teixeira sabe destas restrições impostas no acordo. Antes de Fátima Dantas, São Miguel do Gostoso foi administrado por Miguel Teixeira. E Gustavo diz que o procurou com a finalidade de recuperar o antigo prédio abandonado para transformá-lo em Centro de Cultura.
“Na época, o Miguel até gostou da ideia, mas disse que queria utilizar o prédio como uma extensão da Prefeitura”, diz Gustavo. “Não concordei com isso. Queria de recuperar o prédio para que ele fosse usado para atividades culturais, jamais com finalidades políticas, administrativas e religiosas”.
Somente na administração de Fátima Dantas, Gustavo fez acordo com a Prefeitura para recuperar o prédio nestas condições. Em 2014, o Centro de Cultura foi concluído. Conta com amplo auditório que pode ser usado como sala de cinema ou teatro. Tem também outras salas, usadas para reuniões.
O Centro de Cultura conta ainda com amplo jardim e espaço frontal, onde são realizados eventos culturais da cidade. Tanto na Mostra de Cinema como no Festival Literário, o FliGostoso, este espaço é usado para a montagem de tendas onde são realizadas palestras e muitas outras atividades culturais.
Poucas cidades do Rio Grande do Norte contam com um Centro de Cultura tão bem estruturado como São Miguel do Gostoso. Além da Mostra de Cinema e do FliGostoso, várias outras iniciativas culturais são realizadas ali, entre elas a exibição de filmes nos finais de semana. Ali tudo funcionava bem até agora.
Mas a convenção de Miguel Teixeira resolveu solicitar o prédio à Prefeitura para a realização de sua convenção partidária. A legislação eleitoral permite que prédios públicos sejam usados para convenções de partidos que escolhem candidatos a cargos públicos, comoo de prefeito. Não há impedimento legal.
Por causa desta questão legal, a Prefeitura foi obrigada a ceder o prédio para a convenção de Miguel Teixeira. Mas se trata de uma escolha inadequada, pois o responsável pela construção do Centro de Cultura estabeleceu, em acordo, que o prédio não fosse usado com fins políticos. Por isso Miguel Teixeira “pisou na bola”.
“Gosto muito de São Miguel do Gostoso e sempre quis colaborar com a cidade, como foi o caso do Centro de Cultura”, diz Gustavo. “Mas iniciativas como a de Miguel Teixeira fazem com que eu me sinta desgostoso e perca o interesse de tomar outras iniciativas que tragam benefícios para a cidade”, afirma.
O fato é este. Miguel Teixeira e parte de seus seguidores – como Ricardo André, da Ong Tear, responsável diretamente pela escolha do Centro de Cultura – poderiam ter optado por outro local para a convenção que definirá a candidatura do PR a mais um mandato na Prefeitura local. Miguel já foi prefeito do município entre 2004 e 2012.
O noBalacobaco vai voltar a falar sobre a campanha para a Prefeitura de São Miguel do Gostoso. Inclusive tratar da candidatura de Renato de Doquinha, adversário de Miguel Teixeira, cuja convenção, há duas semanas, só exibiu um foguetório barulhento e interminável, sem apresentar propostas concretas para administrar o município.

53 comentários:

  1. Que belo exemplo, quer dizer que esse senhor pode tudo em nossa cidade, até mesmo desrespeitar um acordo firmado com a pessoa que o prédio é o poder Municipal, agora família é família, acho estranho como todo mundo sabe disso porque o poder Municipal permitiu?, se hoje o cara náo é nada imaginem se chegasse ao poder novamente, só sabemos com certeza de que um fato deixa as pessoas que procuram ajudar nossa comunidade tristes e dificilmente farão novamente, isso é fato real deixado por quem sempre tem feito por nós, independente dessa politicagem safada e perseguidora que existe nosso Município.

    ResponderExcluir
  2. Sr Emanuel Neri, Qual seria o problema? Se o local é público. Que pauta em graca.

    ResponderExcluir
  3. Emanuel Neri sempre tentando causar polêmica e aparecer. Triste vê esse tipo atitude por parte de um jornalista que se acha tão renomado e o qual deveria ser imparcial ao se tratar de política. Não voto no município, nem torço por A ou B, mas o senhor deveria tentar buscar coisas mais interessantes para publicar em seu blog.

    ResponderExcluir
  4. Sinto discordar, Emanuel. Entendo que o PR esta no seu papel. Procurou um local estratégico, de fácil acesso, visibilidade e infraestrutura. Se a doação foi feita com alguma condição, a Prefeitura poderia ter recusado a solicitação, fundamentada nessa condição da doação, e oferecido outros locais disponíveis para realização da convenção. Agora, caso seja um acordo verbal, compromisso pessoal da Prefeita, realmente ela não teria uma escusa legítima para recusar a solicitação. Por outro lado, ninguém (inclusive o futuro gestor), além da própria Prefeita, tem a obrigação de seguir um compromisso pessoal por ela assumido (destaco que entendo que o compromisso foi cumprido).
    Ressalto que também sou favorável a proteção e destinação do local em questão apenas para eventos culturais. Aliás, espero que seja dado o devido respeito e zelo ao local. Contudo, não é admissível ao particular dizer como o Município deve utilizar um bem público. Salvo, como disse, se este foi objeto de doação condicional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prefeitura disponibilizou outros locais para realização do evento. Contudo sabendo do acordo, o ofício mandado para prefeitura já constava lei Federal.
      Um desrespeito!
      É Miguel nos seus 8 Anos de mandanto ñ permitiu que a reforma fosse feita.

      Excluir
  5. Vamos às propostas!!

    ResponderExcluir
  6. É intrigante e irresponsável a postura que algumas pessoas de Gostoso tomam quando se remete a interesses políticos. Chega a ser revoltante as incoerências explicitas, de forma até cara de pau.
    Mesmo existindo respaldo legais para a realização da convenção, trata-se apenas de uma questão de "COERÊNCIA". Não é pelo evento em si, e sim pelo contexto do qual o Centro de Cultura está incluso. Apenas respeite! E o que é mais espantoso é saber que uma das pessoas das quais estão a frente desta decisão é um cara que pousa de "bom moço", que diz Agente incentivador que promove a cultura e cidadania, e inclusive, é ligado a ONG da qual o Gustavo tanto contribui. Na boa, esse cara é um verdadeiro "ARTISTA"!
    Cabe salientar que todos os outros locais possíveis para à realização da convenção foram disponibilizados pela prefeitura. Porem, DANE-SE!
    Mas não é de se surpreender, afinal, trata-se de politica.


    Ah, e antes que eu me esqueça.
    Caro, Emanuel...
    Para alguém que se intitula jornalista, o senhor comete erros tão infantis que a chega ser cômico. Quase sempre o senhor distorce as informações, e é claro, sempre com a mania de puxar as coisas para seus interesses.

    Pois promova a verdade, seja humilde e reconheça o erro. A queima de fogos ou melhor "o fogueteiro" que o senhor menciona acima, não ocorreu na convenção do candidato do PSD, e sim na casa de uma senhora que estava comemorando uma data religiosa, de um santo que a mesma é devota...

    E se o senhor deseja saber das propostas do candidato, é simples. Basta procura-lo, tenho plena certeza que ele irá lhe atender da melhor maneira possível. Infelizmente, o senhor sabe ou finge não saber que convenções exitem regras a serem cumpridas e obedecidas. O pouco tempo que ele teve para falar, ele falou aquilo que achou ser necessário para o momento.

    enfim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prestem atenção ao comentário acima. Quando se trata de criticar o candidato Miguel Teixeira pelo uso indevido do Centro de Cultura, é tudo elogio ao que foi escrito neste blog. Agora, quando se trata de criticar o candidato adversário, Renato de Doquinha, pela queima barulhenta e interminável de fogos durante sua convenção, há duas semanas, aí o mundo cai. Ou seja, basta um dedinho de crítica contra oandidato Renato de Doquinha e aí o mundo desaba contra este jornalista. Resumo da história: enquanto este blog critica Miguel Teixeira, tudo bem, é tudo elogio e reforço à crítica; agora, quando este blog critica a queima desnecessária e cara de fogos da convenção de Renato de Doquinha, aí é pau no que está escrito. Um reparo. Houve sim uma queima de fogos em um ato religioso de Santiago de Compostela, em um santuário próximo à rua das Ostras, na mesma noite da convenção de Renato de Doquinha . Isso é fato. Mas esta queima de fogos não chegou nem aos pés do que foi o "tiroteio de fogos" da convenção do Renato de Doquinha. Quem estava próximo às ruas centrais de São Miguel do Gostoso - ou na praia da Xepa, próximo ao local da convenção - conseguiu ouvir que o foguetório mais intenso foi mesmo o da convenção de Renato de Doquinha. Não havia nem comparação. Aliás, uma pergunta: quem pagou este foguetório? Foi o candidato? E ele tem dinheiro suficiente para o financiamento de uma queima de fogos interminável, que parecia não acabar nunca mais? Só para o leitor lembrar: não há mais financiamento privado de campanha eleitoral. Volto à pergunta: quem pagou os fogos da convenção que escolheu Renato de Doquinha como candidato a prefeito de São Miguel do Gostoso? A pergunta vale também para o intenso foguetório da convenção, na noite desta sexta-feira (5/8), de Miguel Teixeira. Foi o candidato quem pagou esta queima desnecessária de fogos? Por que, em lugar de fazer este espetáculo de pirotecnia ensurdecedor, estes candidatos não se preocupam em apresentar, de forma concreta, suas propostas de governo para administrarem São Miguel do Gostoso? Mas parece até que vai ganhar a eleição quem "torrar" mais dinheiro em foguetório. Será que esta é a campanha do "foguetório"? Absurdo dos absurdos. Estes candidatos, pelo menos até agora, parecem estar mais preocupados em impressionar a cidade com o terrível barulho de seus foguetórios, sem dar a mínima atenção para seus programas de governo. E o pior é que não se sabe nem mesmo quem está financiando este foguetório idiota e desnecessário. Está aí uma boa pauta para a Justiça Eleitoral: investigar a origem do dinheiro que está financiando este foguetório nas convenções dos dois candidatos a prefeito local - e que, infelizmente, parece que será a tônica da campanha eleitoral de São Miguel do Gostoso. É uma campanha surreal. Cada candidato parece achar que, quanto maior o barulho com a queima de fogos em suas campanhas/convenções, mais chance ele terá de se eleger prefeito. Isso é ridículo, vamos concordar!

      Excluir
  7. Saindo um pouco deste assunto,lhe pergunto como pode essa casa que já recebeu proibição do Ministério Público continuar a dar festas com som ao vivo no Santo Cristo?onde iremos parar?,agora estão interditando a rua com os carros e o som até as altas madrugadas.Alguem tem que parar está falta de vergonha num lugar não comercial,queremos sossego para dormir nas casas.

    ResponderExcluir
  8. Ridículo mesmo e vc não assumir que os principais fogos veio de sua amiga que tem o santo.

    ResponderExcluir
  9. Chupa essa manga Emanuel, e Renato de Doquinha agora.

    ResponderExcluir
  10. Lamentável a qualidade desse blog, mal empregado um cara que é jornalista, publicar tanta idiotice.

    ResponderExcluir
  11. Discordo totalmente, faça assim mesmo Emanuel, o importante é náo faltar com a verdade, doa em quem doer, ruim seria se hoje aqui náo tivesse esse canal de informação que é o seu blog, aí sim estaria a maior zorra em nossa cidade, está muito bom assim, sou testemunha e muitos sabem que você pelo menos se preocupa nossa cidade e todos nós.

    ResponderExcluir
  12. Aceitem que Miguel vai ganhar de lapada!

    ResponderExcluir
  13. Kkkk!! Vamos apoiar Renato, pois ele é daqui, vai trabalhar para o povo daqui. Só vai trabalhar nossa gente que também é competente. Essas festas que os Nery e Teixeira apóiam vai se acabar. Ese fast nossa jass e coisa pra gente de fora, não para os nativos.

    ResponderExcluir
  14. Eu só sei de uma coisa, o pessoal agora é tão calado depois desta convencao, parece que ficaram desanimados? Fique não minha gente Começou agora kkkk é Miguel de novo com a forca do povo se Deus quiser

    ResponderExcluir
  15. Ao ex Prefeito Miguel Teixeira, o povo saberá como você deixou o nosso Município, a verdade vai ser dita em cima dos palanques, e cartas para serem entregues a toda população, espere e verá.

    ResponderExcluir
  16. Discordo com um dos anônimos acima, quando diz em acabar com fest bossa e jazz, gente vamos cair na real, assim como nós precisamos nos divertir e gostamos do tipo das nossas festas, assim também o fest bossa e jazz atende a um público, não só o grande público que vem de fora, mas estive presente durante os dias que estiveram aqui e prá minha supresa presenciei muita gente daqui da nossa cidade e Município, de uma coisa podemos observar depois que esse evento esteve em nossa cidade o nosso turismo cresceu muito mais ainda, pois muita gente que ainda não conheciam São Miguel do Gostoso Gostou e hoje nos visitam, certas pessoas tem o costume de tudo criticarem, e são pessoas alheias a tudo que vem beneficiar o nosso município, porque afinal realmente só pensam nelas, afinal gente o que é bom para nossa cidade também é bom para todos nós, vamos deixar de ser pessimistas e abrir os nossos olhos a tudo que venha nos beneficiar.

    ResponderExcluir
  17. O povo sabe que esse poder está entregue a 20 anos a uma só família e agora chegou a hora de mudar, e para isso vamos dá essa oportunidade a Renato e daí por diante, pois é com mudança que se espera que melhores administrações aconteçam em nosso Município.

    ResponderExcluir
  18. Para quem pesquisar no site do Tribunal de Contas do Estado - TCE, os dois processos que envolve o ex-Prefeito Miguel Teixeira, são processo número 006481 de 2006 e processo 010715 de 2007 respectivamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o blog do Assis! Chupa essa manga pra quem acreditou em Renato de Doquinha... Mais uma mentira! Miguel e ficha limpar-se nunca teve suas contas rejeitadad pela câmara ... Mais uma mentira de Renato é Azenate

      Excluir
  19. Renato é formado em que mesmo? Qual a formação dele? Alguém sabe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk no caso o pessoal ta querendo mudar agora pra colocar um vaqueiro no poder da cidade? Kkkk ta muito bom desse jeito agora que vai mesmo pra frente desse jeito kkkkk parabéns aos eleitores kkk

      Excluir
    2. Ai Vc compara entre um homem que já foi prefeito durante 8 anos foi gerente de Banco durante não sei nem quanto tempo foi secretario de administração de uma das maiores prefeituras do estado como a de São gonsalo pra votar em um vaqueiro? Parabéns aos inteligentes não desmerecendo o Renato de maneira nenhuma mais acredito que tem que se preparar mais pra assumir essa responsabilidade de mais de 10mil habitantes como uma cidade do nosso porte

      Excluir
  20. Qual é o problema do Emanuel Neri com o barulho,meu deus do céu nem fogos podem em são Miguel do gostoso

    ResponderExcluir
  21. Renato não tem nenhuma formação acadêmica só tem o ensino médio ,não tem nenhuma experiência administrativa é leigo em administrar uma cidade ,quanto a acabar com as festas de jazz e bossa isso é bem a cara dos eleitores de Renato porque são bem ignorantes não conhece cultura pensam que cultura é ouvir som alto e dançar forró com músicas de péssima qualidade eu sou de Santa catarina e mora aqui a 4 anos transferir meu título para Gostoso e vou votar em Miguel pela experiencia que ele tem como administrador e pelas propostas que ele nos oferece quanto ao Renato na minha opinião ainda tem que aprender primeiro a falar e depois ter proposta para melhorar Gostoso pois por enquanto só tenho ouvido proposta para melhoramento dele e de gente que vive rodeando ele ou seja;benefício próprio

    ResponderExcluir
  22. Ao anônimo acima, uma pessoa para fazer uma boa administração não é preciso ser formado em alguma coisa não, e sim se preocupar com os problemas do Município e principalmente formar uma boa equipe técnica e uma boa assessoria contábil, se o anônimo acima acha que o ex-Prefeito Miguel Teixeira é formado está totalmente enganado pois também não é, e no máximo o grau de escolaridade que os dois candidatos tem é o Ensino Médio, que antes se dizia o 2º grau, não podemos achar porque um cidadão não é formado que não possa fazer uma boa administração, pois o que nós vemos hoje em dia são muitos políticos de nível superior mas envolvidos nos maiores escândalos que envolve o dinheiro público, como está acontecendo em nosso país.

    ResponderExcluir
  23. Se um vereador não faz nada nos 4 anos que foi eleito, o que podemos esperar dele que vai estar candidato a Prefeito? Apenas votem certo pra depois não ficarem de Mimimi :)

    ResponderExcluir
  24. Vereador em nenhum lugar do nosso país nunca fez nada e nem fará, primeiramente porque eles são eleitos para nos representar na Câmara Municipal buscando melhorias para o Município, como também é dever de todos eles fiscalizarem o dinheiro público, coisa rara disso acontecer, ´porque primeiramente todos eles se associam logo ao Prefeito eleito não para buscar benefícios para o Município e sim a eles.

    ResponderExcluir
  25. Candidato que já passou pela Prefeitura e não fez nada deixando o nosso Município abandonado não merece o voto do povo, e esse todo mundo sabe bem quem é, daquele que desaparece um tempo e depois chega querendo conquistar o voto do povo, peia nele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem pessoas que pensam que prefeito é pra encher o próprio bolso, dizer que o ex preferto não fez nada... campo de futebol, centro de múltiplo uso, a ubs dos dourados, academia pública, estrada dos morros, ampliação da ubs dos morros, escola Ana Ribeiro, do novo horizonte, posto de saúde no novo horizonte, quadra de esportes na baixinha, no cruzamento, iluminou Antônio conselheiro, água doce para todos os distritos... Essas são só algumas...Nacho que ele queria que enchesse o bolso de quem diz que não fez nada...

      Excluir
  26. Vale salientar que ele era vereador do lado de Miguel! Assim como o pai de Azenate vice de Miguel.

    ResponderExcluir
  27. Gostaria de saber como o pessoal do lado de Renato se ilude que essa chapa de Renato é Azenate é oposição, de Azenate é controlador geral da atual gestão?!

    ResponderExcluir
  28. Pelo menos hoje aqui em nossa cidade tudo funciona melhor que na administração passada do ex Prefeito Miguel Teixeira, a revolta dele porque ele disse que não queria o apoio da atual Prefeita, pensando que todo o grupo fosse apoiar ele, mas o tiro saiu pela culatra, aí agora ficam inventado mil alarmes falsos, gente o ex-Prefeito já governou esse Município e a marca dele foi negativa.

    ResponderExcluir
  29. Miguel pode até ter sido um ótimo prefeito para aqueles que fizeram parte do seu grupo,e perseguiu durante os oito anos de mandato quem não votou nele e só trouxe gente de fora pra trabalhar, quem não lembra de Rosário, que vinha de Touros e ainda perseguia o povo, Miguel não fez nada em São Miguel, é só entrar no site do tribunal de contas que vai constar as contas reprovadas, não sei como ele sairá candidato. Só quem sr beneficia é quem defende.. Na verdade não defendo A nem Brasil. Estamos sem opção.. Porque do outro lado temos um candidato que se ganhar vai ser manipulado por Azenate, não vejo opção de mudança... Eu voto nulo.Nem um dos dois é digno do meu voto. É tudo farinha do mesmo saco. Politicagem sebosa.

    ResponderExcluir
  30. A pessoa dizer que Miguel foi ótimo Prefeito só pode ter sido alguém da turma dele e que agora náo é mais, agora dizer que foi ruim Prefeito isso é fato verdadeiro, quem náo lembra do seu tempo de mandato, hoje podemos dizer que tudo funciona bem em nosso Município, e assim mesmo muita gente ainda diz que a atual gestão náo faz nada, gente é só fazer a comparação de hoje com o passado do ex Prefeito, que deixou o nosso Município sucateado sem nada, hoje à atual gestão conseguiu equipar o centro de saúde, conseguiu máquinas para O Município, melhorou o salário dos funcionários, que nunca tiveram um aumento na administração passada, fez calçamento em ruas, construiu UBS, construiu o centro de saúde, o Turismo se desenvolveu em nossa cidade, pagou o INSS dos funcionários que a administração passada deixou, está construindo o prédio da Prefeitura Municipal, como também da Câmara de Vereadores, na educação funcionado tudo bem, e na Secretaria de Trabalho e Ação Social funcionando muito através do Secretário Tiquinho, eu sou Professor e na administração passada o meu salário náo chegava a dois salários mínimos, hoje o bruto chega a quase R$ 3.600,00 reais, todos os funcionários sabem muito bem disso principalmente os Professores da Rede Munipal de Ensino deste Município, falar e criticar é fácil, agora lembrar dos fatos e dizer a verdade é difícil prá algumas pessoas, náo se dirijo a esse bandido blog bom para falar inverdades, mas para dizer a verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava aqui pensando, analisando todas as áreas, saúde o salário diminui, perderam a insalubridade, educação diminuiu, assistência também, vice só pode ser cargo de confiança

      Excluir
  31. E você vem dizer que é professor! Que vergonhoso ( bandido blog e se dirijo ) e quanto ao que você comentou de tiquinho você ou e louca ou não sabe de nada o caos que se esconde por trás de maquiagem. Quem é você pra falar do que não conhece.

    ResponderExcluir
  32. Emanoel seja imparcial e publique o comentário ao qual citei os cargos da família de Azenate que a anos vem comendo da prefeitura e agora vem falar em mudança a quem ele quer enganar.

    ResponderExcluir
  33. Só uma correção o anônimo cita comentário no dia 13/08/2016 lá no final tem não se dirijo a esse bandido blog, quero aqui dizer que não existe essa palavra bandido blog e sim se dirijo a esse blog não para falar inverdades mas para dizer a verdade, pois como sabemos esse blog tem sido um canal de informações a todos nós Gostosenses, e merece todo o nosso respeito.

    ResponderExcluir
  34. Tem gente no aperreio, pelos dois últimos comentários acima kkkkkkkkkkkkk, se a pessoa é concursada é claro que ninguém pode tirar, só que o anônimo acima só sabe criticar e não olha para quantas pessoas até hoje tem empregadas da família do Ex-Prefeito Miguel, porque aqui em Gostoso todo mundo sabe que vários pessoas de sua família continuam empregadas na atual gestão, e nem é preciso dizer pois sabemos muito bem quem são elas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então quer dizer que não podem assumir cargos só pq são da família do ex prefeito, que eu saiba a maioria são concursados e os contratados da família são dignos do emprego sim! Tem formação e qualificação pra os cargos que exercem 👏🏻👏🏻👏🏻

      Excluir
  35. Não temos boas opções, até votei em Renato na última eleição. Mas dessa vez não vou votar, não por ele mas pelo vice dele, Azenate. Também não voto em Miguel, porque foi o pior prefeito que são Miguel já teve e só perseguiu quem não votou nele. Infelizmente não temos opção... Eu voto nulo.

    ResponderExcluir
  36. so acho o seguinte,sao m.gostoso ta cada vez pior,a cidade naõ tem banco,a cabou a casa loterica,porque feichou,os correios so funcionar ate meio dia,bradesco..a nossa sorte,e pq tem la no super mercado de luiz texeira,os politicos da cidades,naõ corre atras de melhorias pra nossa cidade..kd que a prefeita,com os vereadores,corre atras de um banco pra nossa cidade..o comercio de gostoso ta falido,porque a cidade naõ tem dinheiro..qualquer coisas q agente precisa temos quer ir a touros...isso e uma vergonha pra nossa cidade..os turista chegar pra visitar a cidade,ai procurar um banco 24 horas..a cidade naõ tem..ou terra de politico fraco..obg..emanuel neri..

    ResponderExcluir
  37. O que falta mesmo na política do nosso Município é um nome que nos passe confiança, um já passou no poder e não corresponde, que foibo ec Prefeito Miguel, e o outro também não me passa confiança.

    ResponderExcluir
  38. Porquê no tempo que ele governou a cidade não foi aceito o acordo da reforma daquele local, e agora desejou usufruir do mesmo? Quando o povo falava que ele queria ser dono do mundo ele não gostava

    ResponderExcluir
  39. Muita gente não entendeu citação feita por mim, no post acima, sobre o foguetório das campanhas de Renato de Doquinha e de Miguel Teixeira. E o objetivo da referência, como muita gente entendeu, não era ao barulho provocado pelos fogos. É lamentável que muita gente não entenda esta questão aqui colocada. O que fiz ao citar o foguetório foi fazer um contraponto ao que aconteceu em São Miguel do Gostoso nas convenções dos dois candidatos. Prestem bem atenção no que foi dito. O foguetório intenso pareceu uma forma de esconder o que os dois candidatos deveriam ter feito: ir para as suas convenções com seus programas de governo prontos. Seria uma forma de mostrar para a população como cada um deles pretende administrar São Miguel do Gostoso. Mas, em lugar dos programas de governo, o que se viu foi um intenso foguetório. A impressão que se tem é que, quanto maior o foguetório, mais forte está o candidato. Triste engano. Parece até que os dois candidatos preferiram criar uma cortina de fumaça (no caso, com o foguetório, parece, sim, literalmente fumaça)em lugar de apresentar propostas claras do que eles pretendem fazer (sim, programa de governo) para administrar nossa cidade. Alguém sabe alguma proposta concreta feita por Renato de Doquinha ou Miguel Teixeira? Este blog não sabe. E gostaria de colocar este blog à disposição dos dois candidatos para dizer o que efetivamente eles pretendem fazer no comando de São Miguel do Gostoso. O que os candidatos pensam sobre educação, saúde, agricultura, meio ambiente e turismo - sim, o turismo hoje é a mola propulsora do desenvolvimento da cidade e as pessoas que vivem deste meio, principalmente trabalhadores, querem muito saber como os dois candidatos pretendem tratar o nosso turismo. Podem enviar suas propostas para este blog, que com certeza serão publicadas. O eleitor precisa saber destas propostas de governo. E tenho certeza que falar de programa de governo e de metas com as quais se quer administrar o município são muito mais produtivas do que o pipocar (e a fumaça intensa) que os dois candidatos priorizaram nas convenções - e provavelmente vão querer dar continuidade, em suas campanhas eleitorais. Mais uma vez, senhores candidatos: propostas de governo são infinitamente mais interessantes do que o foguetório interminável e fumacento que toda a cidade ouviu nas duas convenções - as de Renato de Doquinha e a de Miguel Teixeira.

    ResponderExcluir
  40. É verdade, o povo da família dele ainda continuam trabalhando na prefeitura, e ele por onde anda fala absurdos da atual gestão, antes falava mal do seu primo que saiu na lista dos fichas sujas, e agora o seu nome está na lista também, o povo tá cansado de tantas mentiras e querem mudar, e você Miguel não representa isso, para se fazer essa mudança devemos votar em Renato jovem trabalhador que com muita vontade busca o seu espaço para governar o nosso Município, amigo de todos nós, que vive aqui no meio da nossa população, e é numa pessoa dessa que devemos confiar e lhe dá uma chance de representar o novo e a mudança.

    ResponderExcluir
  41. É POSSÍVEL ACONTECER COM A CANDIDATURA DO 22 (EX 23)O QUE ACONTECEU COM O CHIMBINHA EM TOUROS?

    ResponderExcluir
  42. Isso só acontece com candidatos que é ficha suja, porque acontecendo de ser eleito pode ser julgado e consequentemente perde o mandato, digo caso fosse eleito.

    ResponderExcluir
  43. ISSO MESMO ANTES ELE FALAVA DO SEU PRIMO QUE ERA FICHA SUJA E AGORA QUEM É FICHA SUJA É ELE, QUEM DIRIA POR ISSO GENTE CHEGOU A HORA DE DÁ UM BASTA NESSE CANDIDATO, ELEGENDO RENATO DE DOQUINHA, CHEGA DE FICHA SUJA.

    ResponderExcluir