segunda-feira, 16 de julho de 2012

A incrível história de superação de uma jovem de São Miguel do Gostoso; exemplo pode servir para muitos


Por Emanuel Neri
Existem muitas histórias de superação. A de Lula, que foi um retirante nordestino, muito pobre, que se tornou o presidente mais popular da história do Brasil. A de Dilma Rousseff, que lutou contra a ditadura militar, foi barbaramente torturada, sofreu terríveis humilhações, e hoje é presidenta da República.
Há também casos de superações de pessoas bem menos conhecidas. E uma dessas histórias é a de Janicleide Dones, mais conhecida por Jane (fotos), de São Miguel do Gostoso. Jane tem uma trajetória de vida cheia de novas experiências e emoções.
Nascida em uma família muito pobre, esta jovem vendia picolé, quando criança, depois trabalhou como babá. Muito bonita, ganhou um concurso nacional de beleza de uma marca de cosméticos e trabalhou como recepcionista em uma pousada de São Miguel do Gostoso.
Também atuou como atriz, no Grupo Tear - gurpo de teatro amador formado por jovens de São Miguel do Gostoso.
Inteligente, sempre teve iniciativas e atitudes louváveis. No Natal de 2011, lançou, na Internet, campanha para arrecadar presentes para crianças pobres de uma comunidade de São Miguel do Gostoso. Os pedidos eram feitos em cartas, escritas pelas crianças.
Foi sucesso total. A campanha arrecadou centenas de presentes para as crianças, muitos deles de ótima qualidade. A entrega para as crianças foi emocionante.
No Natal deste ano, volta a São Miguel do Gostoso para fazer uma nova campanha para que crianças pobres consigam receber seus presentes de Natal, doados por moradores e admiradores da cidade.
Há menos de um ano, com a cara e a coragem, Jane resolveu se mudar para São Paulo. Foi morar com uma família que a conhecera em São Miguel do Gostoso, na pousada em que trabalhava, e que percebeu sua impressionante vontade de dar uma virada de qualidade na vida.
E a partir daí sua vida mudou radicalmente. Hoje ela trabalha e, com o dinheiro que ganha, paga uma um curso de engenharia ambiental, numa boa faculdade de São Paulo. Aproveita as horas vagas para, como modelo, fazer campanhas publicitárias. Recentemente fez um comercial do Bradesco, que vai passar durante as Olimpíadas de Londres.  
Mas Jane não para de inventar – e de crescer, profissionalmente e intelectualmente. Há alguns dias lançou um blog de poesias, que já começa a fazer sucesso na internet. E muitas destas poesias são de sua autoria.
Embora ainda seja muito jovem, ela já pode ser considerada uma vencedora. Sua história é inspiradora para muitos outros jovens que, a exemplo dela, tiveram uma infância pobre, mas que, se quiserem, podem superar dificuldades e vencer.
Em tempo: Jane está completando 19 anos neste 18 de julho –e merece todo o apoio de seus amigos e admiradores.
Veja, abaixo, links do blog de poesias lançado por Jane. Conheça também sua página no Facebook.

21 comentários:

  1. Sempre achei que seria destaque, as escolhas dela...uma jovem alem de bonita,inteligente,simples,humilde,tbm carismatica.
    Desejo todo o sucesso p ela.bj.

    ResponderExcluir
  2. parabens jane e de pessoas como corajasos como vc que gostoso precisa pessoas que tem coragem de lutar e de vencer na vida ciga em frente as maiores conquistas ainda estão por vim vc merece que DEUS continue te abençoando e tidanda cada dia mais inteligencia,abç marcio neri vereador...

    ResponderExcluir
  3. parabens jane, que Deus ilumine todos os seus passos, que voce seja uma pessoa muito feliz, voce merece tudo que esta acontecendo com voce, seja uma menina alegre que voce é, que deu a volta por cima, e que voce seja uma fonte espiradora para todas as adolecentes, da nossa cidade, uma grande abraço para voce - Vanilson

    ResponderExcluir
  4. Jane é iluminada. Gostava muito de encontrá-la em São Miguel do Gostoso, sempre com um sorriso sincero no rosto e disposta a ajudar. Muito feliz em saber que ela tá trilhando novos rumos.

    ResponderExcluir
  5. Jane é iluminada. Gostava muito de encontrá-la em Gostoso, ela sempre me oferecia um sorriso e palavras gentis. Fico feliz que ela esteja trilhando um novo rumo e desejo todo sucesso pra essa moça linda.
    Gabriela Sales

    ResponderExcluir
  6. parabens queidinha é assim que vc e conhecida aqui em sao miguel né, cuidado seja sempre essa menina "humilde que dizem que vc é.

    ResponderExcluir
  7. Muito me alegra ver a querida Jane no patamar do merecido sucesso. Ela faz por merecer. É linda física e espiritualmente. Nutro por esta jovem um grande respeito e admiração. Que os que ficaram em Gostoso espelhem-se nela: Exemplo de superação que ainda comprova o dito popular: "Querer é poder". V´pa em em frente minha querida Jane e que Deus ilumine sua vida e seus sonhos. MUIIIIIIIIITTTTTAAAAAA PAZ. Otoniel Baracho

    ResponderExcluir
  8. MINHA AMIGA QUERIDA DE MUITAS BATALHAS E SOFRIMENTOS PARTILHADOS, ELA MERECE TUDO O QUE ESTA CONQUISTANDO. PARABENS JANE!

    ResponderExcluir
  9. QUE VOCE ERA U POUCO LOUCO EU JÁ IMAJINAVA, MAS COMPARAR A HISTORIA DE LULA A DE QUEIDINHA AÍ JÁ É DEMAIS,

    ResponderExcluir
  10. Concordo com o anonimo acima....pense numa comparação...comparar A historia de Um dos presidentes do brasil com a de Janicleide é de mais né...

    ResponderExcluir
  11. Emanuel Neri escreve: Alguns comentários, de anônimos, acima, demonstram um desconhecimento total do jornalismo. O texto em questão apenas faz uma comparação de um caso de superação de uma pessoa pública, como é a história do ex-presidente Lula, com pessoas "bem menos conhecidas", a exemplo de Jane, como ressalta o texto. Criticar isso é ignorar um recurso muito comum do jornalismo: cita-se casos de pessoas públicas, muito conhecidas da população, para em seguida se citar um caso de uma pessoa simples, bem menos conhecida, mas que também vive momentos de superação. O que vale nesta comparação é que tanto o caso do ex-presidente Lula como o da Jane são situações de superação. Há dúvidas nisso? Não importa o cargo que um ou outro tenha ocupado - ou ocupe atualmente - durante sua vida. O que está sendo ressaltado aqui são exemplos puros e simples de superação. Este tipo de questionamento parte quase sempre de pessoas invejosas, que não gostam de ver ninguém crescer ao seu redor. São pessoas negativas, recalcadas e ressentidas, que não aceitam ver o sucesso dos outros, principalmente quando se trata de uma pessoa próxima e conhecida - e, ressalte-se, do mesmo nível social. É claro que a história da Jane é um caso de superação. São Miguel do Gostoso tem mais é que ter orgulho de ver o crescimento de uma jovem simples, como há tantos outros casos na cidade, que está evoluindo intelectualmente e profissionalmente graças aos seus esforços. O resto é o mesmo nenhenhem de sempre de pessoas que são extremamente invejosas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Auxiliadora30 de julho de 2012 21:26

      Eu conheço Janicleide, ela é uma pessoa muito legal, feliz, linda, mas nunca foi humilde. Ela merece esse sucesso porque tem determinação, e corre atrás dos seus sonhos, assim como muitas pessoas. Isso que ela faz é o protagonismo que foi aprendido no grupo de teatro. Mas por que não foi ainda divulgado neste blog que uma estudante do IFRN moradora de São Miguel do Gostoso foi para uma conferência em Brasília para defender os direitos da criança e do adolescente? Isso sim é uma conquista que deve ser divulgada, assim como a história de Janicleide, pois é uma simples jovem de São Miguel do Gostoso em Brasília numa conferência Nacional.Participo do grupo que Jane fez parte juntamente com essa amiga, estudo na mesma escola, sou amiga dela e convivo com ela há muito tempo. Conheço o seu caráter, e ela sim podemos dizer que é uma pessoa humilde. Como participante do grupo de teatro "NÓS NA RUA' que faz parte de um dos projetos do espaço TEAR, posso dizer que já fizemos ações como apresentação de uma peça que fala do meio ambiente nas escolas, estamos com um projeto realizando uma turnê nas comunidades, com oficinas o dia todo, e ao final com apresentações. Participamos do evento EMA, com uma peça que uma componente do grupo criou falando sobre os jovens. Todo ano participamos do auto de Natal realizado pela prefeitura, isso tudo são ações que promove cultura, educação do cidadão, conscientização, só está faltando o reconhecimento.

      Excluir
    2. Emanuel Neri responde: o caso citado pela leitora acima é muito interessante. Mas, para que o noBalacobaco consiga divulgá-lo, esta história tem que chegar ao blog. É claro que o noBalacobaco terá grande satisfação em divulgar este caso, que é tão interessante quanto o de Jane Dones. Por favor, me envie os contatos - email e telefone - desta jovem, para que este blog consiga falar com ela e divulgar sua bela história. Trata-se de uma caso que deve ter grande visibilidade porque, a exemplo de Jane, também é uma história motivadora para que outros jovens de São Miguel do Gostoso sigam o mesmo caminho de superação e sucesso.

      Excluir
    3. Relutei se deveria ou não me manifestar. Faço parte da família que trouxe Jane para São Paulo. Tenho quatro filhos, seis netos e o que nos chamou a atenção ao conhecer Jane foi sua vontade firme em querer progredir na vida e não se acomodar. Em buscar um futuro melhor que o vinha vislumbrando em sua bela terra natal. Posso dizer que ela tem lutado para atingir seu objetivo. Nos momentos de adversidade tem demonstrato garra. Está cursando engenharia ambiental e tem conseguido vencer as dificuldades decorrentes de estudo básico com certa deficiência. Realmente, não prima pela humildade, motivo de elogio, uma vez que jamais se mostrou arrogante. Penso e creio que alcançará seu objetivo.
      Assim, lídima a comparação feita por você Neri, e que o noticiado sirva de exemplo

      Excluir
  12. É extamente isso mesmo Neri. Muitas pessoas não se conformam com a felicidade dos outros (ou em ver que elas estão buscando).
    São pessoas pessimistas e que não tem/tiveram coragem de tentar mudar sua vida. Inconformados, continuam com a mesma "vidinha" que sempre tiveram em São Miguel e, ao ver alguém buscando êxito em sua vida, tentam impor negatividade, e da forma mais ignorante possível, as pessoas que estão se superando.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Auxiliadora5 de agosto de 2012 11:44

      Eu citei a história de vida de minha amiga, não porque tenho inveja de Janicleide, pois jamais nutro sentimentos como esse em minha vida, além do que, cada pessoa tem seu brilho e seu destaque no mundo, mas sim porque tenho a mente aberta para as coisas, e acho que a história dessa menina que foi para Brasília é de extrema importância para São Miguel do Gostoso, assim como a história de Jane. E acho também que era para a prefeitura ter tomado a iniciativa de divulgar este caso. Querido anônimo, não é preciso ninguém sentir inveja do sucesso do outro, no comentário que eu fiz acima eu elogiei, mas critiquei também, porque quem conhece Janicleide sabe da força, da garra, da criatividade dela, mas também sabe que ela não é humilde. Citei também, que o que ela está fazendo é protagonismo, protagonismo esse, que ela adquiriu no grupo de teatro de São Miguel, que é um projeto da ONG Coletivo de Direitos Humanos Ecologia Cultura e Cidadania-CDHEC, que funciona no espaço Tear. Ela pode até dizer que não, mas o teatro muda a vida das pessoas por mais que elas já tenham determinação, maturidade, pois o teatro nos ensina a ser os protagonistas da nossa história, ele fortalece nossos sonhos, nos ensina a ser mais conscientes, e tenho certeza que qualquer jovem que faz parte do maravilhoso trabalho desta ONG, tem e terá uma bela história e um belo futuro. Eu citei algumas ações que o grupo de teatro promoveu, porque tinha a ver com a ação bonita de Jane. Para terminar quero dizer que estas ações que a ONG CDHEC promove precisa de reconhecimento, pois as oficinas, os cursos, o teatro e outros projetos que são promovidos, pode mudar a vida de um jovem que está nas drogas, pode apontar um caminho para os jovens que estão perdidos, pois onde tem direitos humanos, cultura, cidadania, tem educação, tem união, tem conscientização, tem espaço para a mudança, para o novo, para o melhor.

      Excluir
  13. Eu sei q é um caso de superação como qualquer outro, nem ao menos estou com inveja dessa superação dela, quero mais q ela consiga o que quer...mais ai diz ai se essa comparação naum foi F****...??? seu comentario acima Emanuel naum explica a sua comparação...apenas critica qm criticou o seu trabalho...

    ResponderExcluir
  14. Emanuel, muitas vezes estou em desacordo com o que escreve. Desta vez , no entanto acho que nem deveria ter tido o trabalho de responder . É a falta de cultura, a inveja de alguém ter vencido pelos seus méritos.Vc escreveu sobre superação.Foi , e muito bem , buscar um exemplo amplamente conhecido de superação. Quando alguém ao ler o que escreveu, achou que vc estava a fazer comparações... enfim falar mais o quê.
    Jorge Figueiredo

    ResponderExcluir
  15. Parabéns Jane pela linda trajetória de vida que estás construindo.Que Deus ilumine seus passos pois você já é uma vencedora, mas numca perca sua humildade, e seu jeito simples de ser,pois os vencedores numca podem esquecer sua origem e nem mudar sua essência, Continue divulgando a história de sua cidade com as suas belezas naturais. Uma atitude louvável de uma grande cidadã.

    Cecília Rodrigues.

    ResponderExcluir
  16. Jane, exemplo de coragem, dedicação e humildade, que você Jane, consiga os seus objetivos nesta sua caminhada, desejo muita felicidades, e digo, você é um grande exemplo para os nossos Jovens.
    Jorge

    ResponderExcluir
  17. Bom, pensei muito antes de responder a um certo comentário, que fez as infelizes colocações "São pessoas pessimistas e que não tem/tiveram coragem de tentar mudar sua vida" e "tentam impor negatividade, e da forma mais ignorante possível, as pessoas que estão se superando".
    Sinto muito lhes informar, mas conheço tanto Maria Auxiliadora, quanto a garota que teve a oportunidade de ir a Brasilia, uma coisa que posso lhes garantir que nenhuma das duas precisam colocar "negatividade" nos sonhos e objetivo das pessoas, pois o caminho que elas estão trilhando está repleto de luz, sempre seguindo pela educação, não é a toa que conseguiram de destacar no IFRN - Campus João Câmara, uma das melhores escolas do Brasil, campus que a cada ano, apesar de seus belos 4 anos de funcionamento se destacou bastante e é um dos melhores do Rio Grande do Norte, projetos lançados nesse campus, foi levado para congressos nacionais.
    Não podemos negar que é um belo exemplo, a história da Janicleide.
    Mas também não podemos negar que falta visibilidade para ações como o "NÓS NA RUA" dificulta e faz com que as pessoas tenham um pensamento totalmente equivocado em relação a certos assuntos.
    Claro que conseguir se dar bem em São Paulo, que sabemos que não é fácil, merece destaque e admiração.
    Agora me digam, quando uma menina do interior de São Miguel do Gostoso, poderia imaginar que um dia, poderia ajudar a tomar decisão tão importante, juntamente com adolescentes de todo o Brasil e a presidenta Dilma, numa conferência para discutir os direitos da criança e do adolescente em Brasilia.
    Podem dizem que é arrogância, inveja, muita pretensão, está mais claro que nunca que essa comparação boba que fizeram, não passa de um simples equivoco, por mais que as duas tenham um grande exemplo para as pessoas se espelharem, não podemos confundir vidas que podem ser bem parecidas mas com finais absurdamente diferentes.

    Ana Raquel.

    OBS.:comparação entre os dois casos que faço durante todo o comentário.

    ResponderExcluir