quinta-feira, 31 de maio de 2018

O que está por trás da greve dos caminhoneiros que abalou o país e da política de preços de combustíveis



Por Emanuel Neri
O que dizer a mais de uma greve que paralisou o país, causou prejuízos de bilhões de reais e afetou duramente a população brasileira, indistintamente, em todo o território nacional?
A greve dos caminhoneiros, que só agora dá sinais de que está sendo dissipada, causou colapso sem precedentes no abastecimento do país. Além da falta de combustível nos postos, supermercados e farmácias também ficaram com parte de suas prateleiras vazias. Faltou quase tudo no país.
São Miguel do Gostoso não ficou de fora deste estrago. A cidade ficou sem combustível, sem gás de cozinha e até sem garrafões de água mineral.  Na sexta (25/5), motoristas de taxis e vans bloquearam a entrada da cidade.
O turismo local, que já enfrentava problemas com a baixa estação, também sofreu impacto com o desabastecimento. Por falta de combustível, muitos turistas cancelaram suas reservas para este feriado de 31 de maio.
E quem foi responsável para que esta greve causasse tanto estrago?
Analistas responsabilizam o governo de Michel Temer (MDB). Sem respaldo da população (rejeição de mais de 80% dos brasileiros), o presidente (foto acima) não teve habilidade nem força política para negociar com os grevistas. Acabou cedendo, reduzindo o preço do diesel, mas os grevistas continuaram parados.
Sinais, mais que evidentes, de fragilidade política do atual presidente da República.
Mas também é fato que a política do preço do combustível, controlado pelo governo federal, pôs fogo nesta fogueira da crise dos caminhoneiros. São espantosos os números sobre a atual política de reajuste dos preços do combustível do atual  governo. Somente o diesel subiu 12,3% neste mês de maio de 2018.
Nunca os preços do diesel – como também o da gasolina, do gás de cozinha e de outros derivados do petróleo – estiveram tão altos, em toda a história do Brasil.
E é óbvio que tudo isso seria mais que suficiente para acender a bomba que incendiou o país por dez dias, abalou seriamente o governo e causou estragos gigantescos na já debilitada economia do país.
Desde que assumiu o governo, pelo “golpe parlamentar” que tirou Dilma Rousseff da Presidência, em 2016, Temer mudou radicalmente a política da Petrobrás, estatal responsável pela produção e distribuição de combustível no país. A partir de então os reajustes dos preços passaram a ser quase semanais.
Veja estes números. No final do governo Dilma, o litro da gasolina custava em média 2,69 reais; atualmente, o litro esta, em média, quase 5 reais – com a greve alguns postos chegaram a cobrar até R$ 10 por um litro.
A mesma fome de reajustes de Temer ocorreu com o etanol , com o diesel e com o gás de cozinha que, nos últimos dois anos, praticamente dobrou de preço, custando atualmente R$ 70,00 – com a greve foi vendido a até R$ 100.
O governo Temer ignora o fato de a Petrobrás ser uma empresa estatal. Se é estatal, é também uma empresa pública. E se a Petrobrás é pública, necessariamente tem que ter função e responsabilidade públicas. Ou seja, um estatal deve ter lucros, mas também deve ser guiada por uma política voltada para o bem-estar da população.
Não foi isso que aconteceu no governo Temer com a Petrobrás.
O atual governo tratou a Petrobrás como empresa privada e alinhou os reajustes do combustível ao aumento do dólar e do preço internacional do petróleo. O objetivo era aumentar os lucros da Petrobrás, dar lucro a acionistas, valorizá-la no mercado internacional, para, possivelmente, privatizá-la em seguida.
E a consequência desta política é que os preços não pararam de subir. O Brasil é um dos maiores produtores de petróleo. Mas veja o que acontece. Em 2017, importamos 25,4 milhões de barris de gasolina e 82,2 milhões de barris de diesel. No mesmo período, exportamos 326,2 milhões de petróleo bruto.
Vejam a lógica do governo Temer: exportar petróleo bruto, por preço baixo, para ser refinado no exterior, e importar gasolina e diesel, para vender, cara, no Brasil. Isso fez com que as refinarias brasileiras, todas ligadas à Petrobrás, passassem a trabalhar com ociosidade. Em março de 2018, a ociosidade destas refinarias era de 31,9%.
Segundo dados divulgados pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a política desastrosa do governo com nosso petróleo faz com que o Brasil pague em torno de 730 milhões de dólares anuais pelo refino do seu petróleo bruto no exterior. E este petróleo poderia ser refinado no país.
Isso faz sentido? Claro que não.
A política desastrada de Temer na Petrobras – com o apoio dos partidos que o ajudaram a chegar ao poder, em 2016 – fez com que o Brasil enfrentasse, com a greve dos caminhoneiros, um dos momentos mais críticos de sua história. 
Abaixo, alguns artigos para se entender melhor o que está por trás e as consequências, para os brasileiros, da greve dos caminhoneiros.

15 comentários:

  1. Excelente análise política/ econômica da crise atual que envolve o nosso país, juntamente com a greve dos caminhoneiros

    ResponderExcluir
  2. Quem paga o pato de toda roubalheira que os políticos corruptos do Brasil fizeram somos nós trabalhadores e não temos direitos a nada nem mesmo a saúde de qualidade. Estamos vivendo um tempo de pagar pelo roubo que foi feito por quem agente elegeu. Agora vamos aprender a votar pra não errar outra vez.

    ResponderExcluir
  3. Prefeito Renato, vice prefeito presidente da câmara senhora Clesia e a primeira dama vão a Brasília tiram foto de encontro com político Antônio Jácome porém não dizem que proposta fizeram para esse político ou seja ; foram pedi o que pra nosso município? O que o político Antônio jacomo prometeu. Ou seja o povo só sabe que viajaram por causa da foto por que aqui adoram uma mídia. Atenção: foto não enche barriga de ninguém não dar melhoria pra ninguém. Vejo que esse quarteto adora aparecer. E esse político já está querendo voto do povo de Gostoso. Aqui estamos de olho em político que só aparece de 4 em 4 anos. Que não fazem nada por nós e que só prometem e não cumprem. Estamos até hj esperando uma creche modelo que uma senadora prometeu e até agora nada feito .o povo não é besta

    ResponderExcluir
  4. O difícil é agente saber escolher em quem votar, a classe política de nosso país a cada dia está mais desacreditada.

    ResponderExcluir
  5. E continua a insegurança aqui em Gostoso. Estamos vivendo um momento de medo por que estamos tendo bandidos em nossa cidade. Pessoas estão sendo assaltadas já está na hora do prefeito tomar uma providência urgente para tranquiliza a população .

    ResponderExcluir
  6. Qualquer chuva que acontece aqui em gostoso alaga algumas casas na rua das ostras próximo a creche. Moradores reclamam que a prefeitura não faz nada para acabar com o problema. Pedimos ao secretário de obras senhor Fernando Castro que faça alguma coisa para acabar com esses problemas de alagamentos naquela região.

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente Natal foi eleita a 4° cidade mais violenta do mundo .isso só traz preocupação para o setor de turismo. Sabemos que muitas pessoas não vão vir para nosso estado sabendo de um absurdo desses .precisamos votar em um candidato a governador que tenha compromisso em mudar essa realidade. Não podemos apoiar o atual governador Robinson Faria pois ele não soube honrar o compromisso de frear a violência no nosso estado .não vamos permitir que um governante que deixou a capital do estado numa situação de caos seja eleito outra vez. Sabemos que o prefeito Renato e prefeito Assis vão apoiar esse governador mas nós que estamos sendo vítima desse descaso com a segurança não vamos fazer a besteira de votar em um indivíduo que só tem promessas mentirosas .nosso RN pede socorro e Natal também.

    ResponderExcluir
  8. Todas as vezes que chove eu fico preocupada com o teto da igreja. Todos nós sabemos que ele está com vários problemas e que pode desabar mas até agora não se faz nada. Já teve várias quermesse, bingo, e não sei onde está esse dinheiro para a construção da nova igreja. Tenho muito medo que aconteça um acidente e qye as pessoas se machuquem acho que o padre e as pessoas que cuidam da igreja precisam agir rápido pra não haver uma coisa desagradável por que todos sabem do problema e ficam sem agir

    ResponderExcluir
  9. Não poderemos eleger um homem que só destruiu a segurança do RN. Estamos sofrendo com essa violência. Não existe nenhum plano de governo para melhorar a segurança do RN. Somos a 4° capital mais violenta do mundo. A secretária de segurança Sheyla Freitas não tem nenhuma ação para acabar com a violência. Governador não tem respeito pelo povo potiguar. Não podemos votar em Robinson Faria. Governador da insegurança.

    ResponderExcluir
  10. Privatiza que resolve

    ResponderExcluir
  11. Tem muita gente que não tem o que fazer e fica colocando em grupo de escola o valor do salário de quem realmente trabalha .não importa o quanto se ganha o importante é ser um excelente profissional e ter sido o melhor administrador do ano .agora o que não pode é um tratorista aqui em gostoso ganhar 9 mil reais. Isso não pode. Mas um administrador da prefeitura de São Gonçalo do Amarante pode sim sabe por que? Porque trabalha muito e quem estiver com inveja deixe de ser professora e vá ser administradora. Essa professora que está com inveja do salário desse grande administrador é bom ela saber que salário alto é pra quem pode e merece.

    ResponderExcluir
  12. Mais um quadriciclo é roubado em São Miguel do Gostoso. Prefeito na faz nada para melhorar a segurança na nossa cidade estamos com vários problemas de roubos e assaltos aqui em gostoso e na praia do tourinho e turismo está sendo prejudicado ninguém faz nada. Nem vereadores nem prefeito nem secretário de turismo. O que vejo é um bando de gente que adora ficar tirando foto e colocando no facebook. Estão maquinando nosso município.

    ResponderExcluir
  13. A situação da falta de merenda nas escolas continua. Gostaria de saber onde está o dinheiro que vem pra merenda. Uma aluna passou mal por que estava com fome em sala de aula. E teve que ser levada ao posto de saúde. Isso é uma vergonha para o nosso município.

    ResponderExcluir
  14. "Desde que assumiu o governo, pelo “golpe parlamentar” que tirou Dilma Rousseff da Presidência, em 2016"??? Como assim Emanuel,não use seu blog pra enfiar guela a baixo sua ideologia política! Só respondo a isso com essas palavras: " O processo durou nove messes e supervisionado pela Corte Suprema, o STF, onde a maioria dos membros foi nomeado por Dilma e Lula,ou seja, o tiro saiu pela culatra, porque nínguem queria que a bomba explodisseem suas mãos!"

    ResponderExcluir
  15. ...Você não vai aprovar esse último comentário, mas saiba que nínguém aqui é bobo e apolítico como você imagina!

    ResponderExcluir