sábado, 12 de maio de 2018

Ação militar e rodoviária em São Miguel do Gostoso vai continuar. Policiais querem mais ordem na cidade



Por Emanuel Neri
Você deve ter percebido que, nos últimos dias, várias ações da Polícia Militar têm sido realizadas em São Miguel do Gostoso e Touros, incluindo distritos e regiões vizinhas.
A última operação da PM de São Miguel do Gostoso, em conjunto com o destacamento policial de Touros, a Operação Tiradentes II, foi realizada em ruas e rodovias que dão acesso à cidade,a partir da  madrugada da quinta (10/5) e só foi encerrada as 16h deste sábado (12/5).
Além de veículos, pessoas foram abordadas com o objetivo de prevenir ações criminosas nos dois municípios. Segundo os sargentos Lamberto e Assis, da PM local, o principal objetivo era localizar pessoas portando armas, drogas e suspeitas de crimes como o estouro de caixas eletrônicos nas duas cidades.
A Operação Tiradentes II foi realizada em todo o Rio Grande do Norte por determinação da Secretaria Pública do Estado.  Esta operação foi realizada em todos os municípios do RN  e também em outros Estados (foto).  Em todos, tinha o mesmo objetivo. Passar um pente fino para reduzir a criminalidade no RN.
Além da Operação Tiradentes II, outras ações da PM (foto) têm sido realizadas em São Miguel do Gostoso. No último dia 5 de maio, houve uma blitz com a participação do policiamento local e de agentes da Polícia Rodoviária. Além das ruas, esta ação também se estendeu às praias urbanas da cidade.
Nesta ação, foram notificados e liberados 11 veículos, incluindo carros e motos. Além disso, sete motos, por uma série de irregularidade, foram recolhidas ao Detran, em Natal. Foi recolhida uma Carteira de Habilitação. Segundo a polícia, jovens com 12 anos surpreendidos dirigindo veículos.
Dois dias depois, no último dia 7, segunda-feira, foi realizada uma operação do próprio Detran-RN na entrada da cidade. Agentes do Detran vistoriavam documentos de veículos e motoristas que chegavam e saiam da cidade. Sem documentação, alguns veículos foram apreendidos e levados para Natal.
O que estas ações da PM, da Polícia Rodoviária e do Detran significam para São Miguel do Gostoso  e para a população da cidade?
Em primeiro lugar, significa que policiais, incluindo aí militares e rodoviários, vão ampliar seu olhar para São Miguel do Gostoso. E estas ações terão sempre o apoio do Detran, que é o braço do Estado (RN) responsável pela regularização de veículos e de documentação de habilitação de motoristas.
Sempre que ações deste tipo ocorrem em São Miguel do Gostoso há uma gritaria grande por parte de pessoas que condenam ações deste tipo. Para estas pessoas, estas operações acabam apreendendo veículos de pessoas que usam carros e motos para trabalhar. A história não pode ser vista desta forma.
As leis que regem o registro de veículos e a habilitação de motoristas são federais. A lei diz, por exemplo, que para se dirigir veiculo (seja de que tipo for) é necessário ter no mínimo 18 anos e ter a Carteira Nacional de Habilitação, que é liberada pelos Detrans estaduais. Nas não é bem isso o que ocorrer por aqui.
É comum ver em menores em São Miguel do Gostoso dirigindo veículos. Pelas leis do trânsito, isso é considerada infração gravíssima, passível de multa e apreensão do veiculo. Outras pessoas costumam dirigir na cidade sem que a documentação dos seus veículos esteja regularizada e também sem carteira de motorista.
Isso é grave porque, se o motorista não for habilitado para dirigir, pode provocar acidentes graves, inclusive mortes. Então cabe ao Estado – por intermédio de seus órgãos competentes, como polícia e Detran – combater este tipo de abuso. O objetivo desta exigência é dar mais segurança para o cidadão.
Se você defende uma São Miguel do Gostoso com menos riscos, inclusive o de ser atropelado por veículos e motoristas sem habilitação, então não pode ser contra esta ação da polícia. É papel da polícia, seja a militar ou a a rodoviária, zelar pelo bem estar da comunidade, para que ela viva sem problemas. E é isso o que vem ocorrendo com as ações policiais na cidade.
Como qualquer outra cidade que queira ser civilizada, São Miguel do Gostoso também precisa de operações de policiamento e de trânsito, para que possa viver de forma mais tranquila, sem criminalidade e sem acidentes de carros e motos. Por isso, a população local precisa se acostumar a estas ações, sem ficar reclamando.
A Polícia Militar, incluindo a Rodoviária, além de o Detran, informam que novas operações serão feitas em São Miguel do Gostoso. Os dias destas ações serão escolhidos aleatoriamente, para que não se saiba, com antecedência, quando elas serão feitas. Por isso evite ser surpreendido por estas ações.
E para evitar ser surpreendido pela polícia, nestas operações, cabe aos motoristas regularizarem seus veículos e sua documentação, como a Carteira Nacional de Habilitação. Se esta documentação estiver em dia, não haverá nenhum problema para os motoristas e seus veículos. 
Escreva para este blog e manifeste sua opinião sobre estas ações policiais - se você é a favor ou contra a tentativa da polícia de por um pouco mais de ordem nas ruas e no trânsito de São Miguel do Gostoso.

6 comentários:

  1. Parabéns. Somos o terceiro pólo turístico do nosso estado. Nossa vizinha Touros vai inaugurar o maior hotel de todo estado em quatro meses. Vivemos do turismo porque não temos fábricas então a cidade precisa de ordem. Mas ordem não é só para turista e sim para todos nós. Até porque quando vamos para Natal ou outro estado não vamos fazer feio porque lei todo brasileiro tem que obedecer. Boa sorte para nossa querida São Miguel
    Jadson

    ResponderExcluir
  2. Lúcia Quarentei13 de maio de 2018 07:05

    Acho ótima essa ação da polícia precisamos ter segurança no trânsito. Infelizmente tem pessoas que não entendem a importância de dirigir habilitado mas acho que deve haver mais vezes essas blitz .parabéns a polícia militar pelo trabalho

    ResponderExcluir
  3. Pena que não tem todo dia. Eu acho muito bom por que nossos ouvidos agradecem o barulho qye esses motoqueiros fazem nas ruas com os canos das motos adulterados

    ResponderExcluir
  4. Muitos comentários têm chegado a este blog sobre falta de merenda nas escolas municipais de São Miguel do Gostoso. Os relatos são dramáticos. Falam de crianças que vão para a escola sem tomar café e, sem a merenda, ficam com fome boa parte do dia.Outros relatos falam de jovens, estudantes do período noturno, que vêm dos distritos à tarde e, sem merenda, ficam sem comer nada até voltarem a suas casas, a muitos quilômetros da cidade. Este é um problema sério que a Prefeitura local precisa resolver. Estes estudantes não podem ficar sem merenda escolar que, em muitos casos, faz parte da sua alimentação diária. Mas as pessoas que estão denunciando este problema acabam cometendo falhas. Insinuam, sem nenhuma prova, de que não há merenda porque o dinheiro para a compra de alimentos está sendo empregado em outras atividades. Algumas destas denúncias citam irresponsavelmente algumas autoridades municipais. Por este motivo, as cartas com este tipo de comentários não estão sendo liberadas para publicação. É grave não ter merenda para os estudantes. Mas também é grave acusar autoridades sem provas. Sempre que houver alguma insinuação deste tipo em cartas enviadas a este blog seu conteúdo não será liberado para divulgação. Esta é a regra deste blog. Acusações e denúncias não serão divulgadas neste espaço.

    ResponderExcluir
  5. Estudei em escola pública em Natal e nunca tive problemas com falta de merenda. Minha escola era na zona norte de natal e lá eu tinha lanche todos os dias. Acho que os governantes de lá tinham respeito com os alunos. Entendo que aqui falta gestão por isso que os alunos saem cedo da escola todos os dias.

    ResponderExcluir
  6. Já vi absurdamente crianças de menor idade pilotando motos e quadriciclos na cidade, muitos tem até dificuldade para alcançarem os pés no chão. Isto situa-se como uma falta de responsabilidade muito grande dos pais que permitem isso, sabendo-se que além de não terem 18 anos, não frequentaram o Centro de Treinamento para habilitados, são crianças que não entendem as leis de trânsito e que podem sofrer acidentes, causar acidentes e apresentarem sequelas graves, ou até mesmo a morte. O que percebe-se bastante também nos distritos é a ausência do uso do capacete pelos motociclistas. Estes correm muitos riscos, pois ficam totalmente expostos em caso de queda ou acidente com colisão. O que também falta na cidade é um Centro para Formação de Condutores para Habilitação. Alguém deveria investir nisso, pois a única opção hoje encontra-se em Touros, porém muitas pessoas gostariam que voltasse a ter na cidade, e devido a distância para Touros acabam não fazendo o procedimento para habilitação e a cidade continua com o mesmo problema de sempre.

    ResponderExcluir