sábado, 11 de janeiro de 2014

Prefeitura de Gostoso pede troca de comandante da PM sem consultar Conselho de Segurança. Pega mal

A administração de São Miguel do Gostoso deu alguns passos atrás no episódio que resultou no afastamento do sub-tenente Édson do comando do policiamento do município. Não que o policial estivesse correto no incidente em que se envolveu com moradores da cidade, no último dia 31 de dezembro. Ele reconheceu seu erro.
O sub-tenente, que comandava com eficiência o policiamento local há mais de um ano, reconheceu que se excedeu no bate-boca com moradores. Em nota neste blog, pediu desculpas públicas pelo ocorrido. Mas o própio comando da PM reconhece que houve falhas - e por isso concordou com o afastamento.
Mas o que pegou mal em todo este episódio foi a forma como a prefeita - com o apoio da presidente da Câmara Municipal -  foi ao comando da PM pedir o afastamento de Édson, sem antes consultar o Conselho Municipal de Segurança. Trata-se de um fato grave e que merece melhor esclarecimento da prefeitura.
Vamos a algumas considerações. Se o Conselho Municipal de Segurança não é consultado em um episódio deste porte, que envolve a segurança pública, então qual o motivo da sua existência? Mais: quais as razões que levaram a atual administração a criar o Conselho de Segurança como órgão consultivo?
As administrações modernas têm em seu modelo a presença de conselhos que auxiliam o executivo em suas ações. A atual administração começou bem ao criar o Conselho de Segurança. Já está em pauta a criação do Conselho do Turismo e de outros conselhos que possam auxiliar a prefeita em sua gestão do município.
No caso do Conselho de Segurança, o órgão era apontado por autoridades estaduais como referência de participação da sociedade nas questões de segurança pública. Outros municípios do RN se inspiravam no modelo local para também criar conselhos que os auxiliassem na gestão da segurança pública.
No final de dezembro (foto acima), a prefeita e o Conselho de Segurança se reuniram com o comando da Segurança Pública do RN e várias medidas foram anunciadas para melhorar o policiamento no município. Naquela época, foi importante a presença do Conselho. E por que agora não ocorreu o mesmo?
Mas ocorre que, em um momento crítico da segurança pública, o Conselho foi deixado de lado pela atual gestão. Além do desrespeito com os membros do Conselho, trata-se de um gesto centralizador e anti-democrático. E o pior. Esta atitude pode gerar crise, com o esvaziamento do Conselho de Segurança.
Este blog falou com o comando da PM no Estado. O fato é que antes mesmo de as autoridades locais pedirem a "cabeça" do sub-tenente, já havia uma decisão pela punição e seu provável afastamento. Mas ignorar o Conselho foi uma falha grave. Este órgão não foi criado para ser uma espécie de fantoche da prefeitura.
Como o Conselho tem caráter consultivo - e não deliberativo - caberia à prefeita a palavra final sobre o pedido ao comando da PM para o afastamento do policial. Mas obrigatoriamente a prefeita teria que ouvir o Conselho. Foi para isso que ele foi criado - jamais para fazer "cosquinha" no ego de qualquer autoridade.
Com o afastamento de Édson, o tenente Frank Wolczak assume o comando do destacamento da PM no município. Wolczak tem bons serviços prestados à PM. Comandou o policiamento de Touros e seu último trabalho foi em Maxaranguape. Este blog dá as boas-vindas a Wolczak e deseja bom serviço à frente da PM local.
Pressões de evangélicos
Mas é bom que Wolczak vá se acostumando com pressões que terá de enfrentar. Além do envolvimento de Édson no lamentável incidente do dia 31 de dezembro, também pesou contra ele o terrível "lobby" evangélico contra a fiscalização que o sub-tenente exercia contra abusos de cultos religiosos em vias públicas.
Quase todas as semanas, a Assembléia de Deus interrompe o tráfego da avenida dos Arrecifes, para fazer cultos no meio da rua. Estrangula o trânsito da cidade e o barulho provocado pelos cultos é ensurdecedor. Um chamado "Paredão de Jesus" explode seu som na cidade - e incomoda muita gente.
Há também outro "lobby" (palavra que define pressão, em inglês) de pessoas que se sentem prejudicadas pelo rígido controle que Édson vinha fazendo contra o trânsito irresponsável da cidade. O alvo eram crianças dirigindo veículos, motos em alta velocidade e com canos adulterados e o uso abusivo de quadriciclos.
Uma secretária da atual prefeita chegou a se reunir com o sub-tenente para pedir "moderação" em suas ações. A presidente da Câmara, Francisca Pinheiro, convocou o policial para esclarecer  a fiscalização severa que vinha sendo feita no trânsito. Pergunta: as leis do trânsito são para ser respeitadas ou ignoradas?
Ao mesmo tempo em que dá sinais de avanços, São Miguel do Gostoso também emite sinais de atraso. A cidade não pode concordar com a vontade imperativa dos evangélicos, parando e incomodando a cidade quando bem entende. E o trânsito não pode continuar sob o capricho de pais e motoristas irresponsáveis.
Este é o grande desafio que a cidade tem pela frente. Ou se governa para toda a coletividade, sem privilégios de evangélicos ou de outros segmentos da população (motoristas incluídos), ou do contrário vai tudo para o buraco. Este é um desfio da prefeita e também no Wolczak, o novo comandnate da PM na cidade.


    


27 comentários:

  1. Sempre soube que esse conselho e as decisões do mesmo, nunca sairiam do papel. Apenas um coletivo de reuniões sem resultados, e não pela vontade de seus membros e idealizadores, e sim pela falta de união, pelo descaso e as 'mãos fechadas' dos empresários e autoridades da cidade. Só querem tomar alguma iniciativa quando um cliente é assaltado/furtado, ou a casa de um parente/amigo é arrombada. O problema é que estes fatos isolados acontecem em intervalos de tempo diferentes. Enquanto um quer agir os outros não estão nem aí, pois ainda não aconteceu com eles. Se todas as ocorrências acontecessem ao mesmo tempo, as decisões do conselho funcionariam!

    Ex policial de smg

    *Ps. Muito bem colocado que o conselho serve para fazer 'cosquinha no ego'!

    Parece que quem manda mesmo na cidade é a nossa querida presidente da câmara. Há 514 anos 'botando quente'.
    Quando chegaram os portugueses para descobrir o Brasil, ela tava no chapéu de sol do Tourinho vendendo galinha, logo botou Pedrinho (Alvares Cabral) pra correr, mandou o mesmo calar a boca, dizendo: Estrupício, vá descobrir o Brasil lá pras bandas da Bahia, pq aqui quem manda sou eu! E assim Pedrinho começou a colonização por Porto Seguro, com o rabinho entre as pernas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descreveu bem a "nossa presidente da câmara". KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!

      Excluir
  2. BOM DIA EMANOEL E A TODOS QUE ESTARÃO LENDO VAI ROLAR UMA BAIXO ASSINADO PARA A VOLTA DO COMANDANTE PA PM SUB EDSOM ESPERO QUE ESTE CONSELHO DE SEGURANÇA SE MANIFESTE PARA AJUDAR E COM ISSO A POPULAÇAO ESTAR INDGNADOS COM A ATITUDE DA PREFEITA E ELA VAI PERDER MUITO COM A ATITUDE DELA E A POPULAÇAO TA SE REUNINDO PARA A VOTAÇAO AGORA SE ELE NAO TRAZER O EDSOM DE VOLTA PQ FOI UMA FORMA INDEVIDA ELE SO SE DEFENDEU OBRIGADO ASS MORADORES DE SAO MIGUEL DO GOSTOOS

    ResponderExcluir
  3. Agora que a prefeitura agiu sem ceder os mimos deles aí começam a ficarem nervosos! kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. PODE ATÉ FAZEREM ABAIXO ASSINADO MAS NÃO VAI DÁ EM NADA! IMAGINA SE VÃO TIRAR UM QUE JA´ESTÁ AÍ PRA TRAZER O QUE JÁ TIRARAM. DEIXEM DE SER TOLOS.

    ResponderExcluir
  5. E vocês pensam que esses orgãos que vocês criam são quem vão ficar determinado o que acontece na cidade? Esse conselho, essa Aegostoso... Mas mais mesmo. A Prefeita ganhou foi um ponto com a população local contrariando vocês.

    ResponderExcluir
  6. Eu sou população local e não ganhei ponto nenhum. Fale por você porque a população local tem decisão própria e tem que ouvir de cada um. Pelo que sei não temos porta voz.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia emanuel aproveitando esse espaço demoratico venho expor minha preocupaçao na educaçao de Gostoso eu nao acho justo que professores que sao formados em ciências biologicas dê aula de outra disciplina que nao seja sua area e professores pedagogos que devem lecionar até o quinto ano dê aula ao ensino fundamental que é do sexto ao nono ano dando aula de geografia, matematica ,portugues ciencias,historia essas disciplinas só devem ser lecionadas por professores que tenham graduaçao na sua devida especialidade por isso que os alunos a cada dia sabem menos por essa falta de organizaçao que exite dentro da educaçao peço a senhora secretaria de educaçao Isabel de Matos que honre o seu cargo nao permitindo que ocorra erros dessa magnitude se tem professor graduado na area especifica dê lugar a esse profissional pois ele estudou para aquele objetivo o que nao pode é colocar pessoas sem nenhuma qualificaçao para ensinar aos nossos filhos isso chega a ser um apelo pois minha filha estuda em uma escola do municipio e acompanhndo os trabalhos dela no ano passado eu vi alguns absurdos que professores que nao tinham graduaçao na disciplina causaram eu gostaria que isso nao se repetisse pois tenho muita preocupaçao com a educaçao da minha filha e tambem falo por todos os alunos que aqui estudam peço que nossa secretaria que é uma pessoa esclarecida que antes de contratar ela peça o diploma de todos esses contratados e veja quem está em condiçao de assumir uma disciplina pois só assim teremos uma educaçao de qualidade e ela com certeza será elogiada por tomar uma atitude correta.ao contrario sei que nossos alunos terao mais uma vez um ano perdido.

    ResponderExcluir
  8. que bom vc esta reconhecendo um erro q ocorre aqui em smg, q ja vem de duas gestões q passaram. vc deveria ter falado isso tbm pra Helba q fazia sem respeitar quem tinha diploma ou quem era de disciplina especifica .inclusive vc que antes de receber seu diploma ja lecionava no múnicipio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. marlene Silva de lima13 de janeiro de 2014 11:07

      gostaria de dizer a moça do comentario acima que eu marlene silva nao sou professora e nunca trabalhei na educaçao eu tenho meu proprio negocio e minha preocupaçao é com minha filha que é aluna do Ana ribeiro acho que voce me confundiu com outra pessoa moro no distrito e venho sempre a gostoso inclusive vou sempre a lan hause pra ver as noticias do balacobaco pois acho um blog bacana sou de lajes e moro aqui a 8 anos

      Excluir
  9. Verdade Lúcia. No entanto D. Marlene era estudante universitária, o que garantia a ela o plena direito do magistério.

    ResponderExcluir
  10. vamos tenente teve roubos ontem, a vitima chamou a policia e eles não querião nem ir ao locau do ocorido roubo a população que rsposta dos furtos

    ResponderExcluir
  11. Essa troca de Delegado ou comandante da PM, é só o que está acontecendo nas cidades do interior do nosso Estado, e aqui em São Miguel do Gostoso não tem sido diferente, chega um quando se pensa que ele ainda está no comando já se foi embora, chega outro e é a mesma coisa, e assim a segurança dessas cidades continuam menos a desejar a cada dia, jamais surgirá algum que venha mesmo combater o trafego de drogas e os roubos em nossa cidade, pois aqui em nossa cidade todo mundo sabe quem são os vendedores e os ladrões safados, acontece que prendem esses caras por motivo de roubo e quando se espera que esses sujeitos tirem algum tempo de cadeia quando menos se espera eles já estão as soltas fazendo tudo novamente, aí gente não dá para entender uma coisa dessas, só pode existir algo de errado, segundo comentários surgidos na cidade que isso só acontece porque não existe provas que foram mesmo esses ladrões que praticaram esses roubos, ora se o cara não trabalha, e é pego com arma, celular caro, dinheiro e só vive curtindo alguma coisa de errado ele está fazendo, agora se a polícia só prende ou leva o caso adiante se tiver certas provas como por exemplo presenciar esses fatos acontecerem fica difícil de um dia a nossa população durma tranquilo e vejam esses bandidos na cadeia.

    ResponderExcluir
  12. Voltando ao assunto do afastamento do Sub Edson, cadê as explicações da Sra. Prefeita e da Sra. Presidente da Câmara ? Vocês foram colocadas por nós no poder e nos devem explicações. Venham à público se explicar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quem paga seus salários é a população.

      Excluir
  13. Enviei um comentário dias atrás que não passou no crivo do autor do blog. O comentário fazia uma avaliação dos nossos governantes (prefeita, ex-prefeitos e vereadores), sem nenhuma ofensa, sem usar palavras de baixo calão, ou seja, digno de ser veiculado no teu blog, não é assim Sr. Emanoel? Então pergunto : Estás protegendo os seus, sua cunhada, seu irmão, seu primo ? Qual é o teu interesse como jornalista ? Postar só aquilo que é conveniente ? Com a palavra Emanuel Neri...

    ResponderExcluir
  14. A populaçao de Gostoso está mais uma vez com medo dos bandidos que estao arrombando casas e assaltando populares a prefeita Fafa tem que tomar providençias nao podemos ficar a disposiçao desses marginais que nos tiram o que possuímos e trocam por drogas eu peço as autoridades locais que nao cruze os braços diante da falta de segurança e que ajam rápido porque o povo quer segurança e viver em paz

    ResponderExcluir
  15. Prestem atenção sobre a forma como está escrito o texto acima. O post diz que a substituição do sub-tenente Édson, que comandava a PM em São Miguel do Gostoso, foi pedida ao comando da PM pela prefeita de São Miguel do Gostoso, com o apoio da presidente da Câmara Municipal. Ontem este blog foi questionado pela presidente da Câmara para informar que não teve nenhuma participação dela neste episódio. Este blog entende que é um direito da presidente da Câmara questionar o que está escrito neste espaço. Mas, em nenhum momento, foi dito em noBalacobaco que Francisca Pinheiro foi diretamente ao comando da PM, junto com a prefeita, pedir a "cabeça" do sub-tenente. A informação diz apenas que a decisão da prefeita tinha o apoio da presidente da Câmara. De qualquer jeito, está feito o registro do pedido dirigido a este blog por Francisca Pinheiro.

    ResponderExcluir
  16. a policia daqui de s.miguel e uma vergonha os
    roubos e assaltos continuam,a populaçao liga eles nao querem nem ir ao local,mas o italiano que vem la caixa prega liga eles vao ate o tourinho a penas baixar som de carro quando chegam la o som nao esta no volume que ele falou ai a viatura vai so gastar combustivel que e limitado pra quem nao sabe,as vezes ate no interesse de olhar po mar

    ResponderExcluir
  17. como sempre sr. emanoel neri,
    o sr. sempre fala dos cultos evangélicos,
    por que o sr. não fala também das baladas que existem, em são miguel do gostoso.
    ex. sempre tem festas no espaço mix, outro dia teve uma cantora lá na praia, a cristal, na praia do cardeiro, um som mais alto que tudo, até 1:00 da manhã, e ai que decisão o conselho de segurança tomou em relação ao acontecido,
    fala de pressão dos evangélicos, eu já estou percebendo, que vc não gosta dos evangélicos, mais jesus te ama, e os evangélicos,
    tem mais coias para se preocupar,
    vc só está chateado, por que a prefeita não fez, os a vontade dos empresários, só isso que aconteceu,
    fala com a nobre isabel neri, sobre o que vc está fazendo em respeito ao evangelicos, eu já considero um perseguição, pergunte a ela, que vai te explica biblicamente acredito.


    JESUS TE AMA
    que deus te abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo/a. Eu não tenho absolutamente nada contra os evangélicos. Defendo a liberdade religiosa - este é um preceito constitucional que deve ser respeitado por todos. Mas eu, como grande parte da população de São Miguel do Gostoso, é contra abusos provocados por algumas igrejas evangélicas. Com que direito, por exemplo, uma igreja evangélica faz cultos com som altíssimos em vias públicas? Com que direito uma certa igreja evangélica interrompe a avenida principal da cidade, praticamente todos os finais de semana, para fazer seus cultos em vias públicas? Com que direito uma igreja evangélica sai pelas ruas da cidade com um tal "Paredão de Jesus" - um carro puxando um enorme bloco de caixas de som com volume altíssimo - incomodando os moradores? Por acaso outras religiões - e aí incluindo a igreja católica - faz isso? Uma cidade (ou um país) que quer crescer de forma ordenada - e respeitando todas as tendências religiosas, sociais e comportamentais de seus moradores - não pode permitir este tipo de abuso que vem sendo causado em São Miguel do Gostoso por igrejas evangélicas. Isso é ser contra a liberdade religiosa? De maneira nenhuma. Sou contra abusos praticados por igrejas evangélicas - e isso é combatido tanto em São Miguel do Gostoso como em qualquer outra cidade. Se os evangélicos de São Miguel do Gostoso entenderem estes limites do seu direito - e aí incluindo o direito dos outros cidadãos, que não querem ser incomodados pelo som abusivo de igrejas evangélicas - aí tudo estará resolvido. E ai garanto que este blog não dará mais um piu sequer contra abusos praticados por igrejas evangélicas.

      Excluir
  18. Que igreja é essa que quer se basear em boates ou clubes de nossa cidade, se esses estabelecimentos festivos a vezes tem incomodado com som alto, os evangélicos deveriam era mesmo repudiar, e não fazer como eles, e muito mais errado ainda é interditar uma rua da nossa cidade em quase todos os finais de semana, aí sim aonde está o erro, agora se pergunta se na hora do culto deles alguém colocasse um som muito alto será que eles gostariam?, será que outras religiões fazem isso também?

    ResponderExcluir
  19. emanuel a presidenta da camara se mete em tudo mais tambem colabora com o abuso de som alto ,O BAR RESTAURANTE COMO SE CHAMA O AMBIENTE DELA ,ESTA FAZENDO MUITO BARULHO COM SERESTAS,QUEM ESTA TOMANDO CONTA TIVE INFORMAÇAO E A IRMA,MAIS O AMBIENTE E DELA ,MORADORES DE RUAS VIZINHAS ESTAO RECLAMANDO MUITO,QUE ABSURDO,O ABUSO DO PODER QUE O POVO LHE DEU.O POVO BOTA E TIRA E SO PRA LEMBRAR,NAO ESQUEÇA BOA SORTE.

    ResponderExcluir
  20. É verdade. Só porque é a presidente da câmara acha que pode fazer o que bem entende é? Isso tá errado. Ela também tem que cumprir as leis. Tem que dar o bom exemplo. Não é mesmo dona Francisca Pinheiro. Tacilo.

    ResponderExcluir
  21. o bar da presidente da camara faz muito barulho eu moro proximo com minha vó de 86 anos e nos dias de festa ela nao dorme acho isso uma falta de respeito com os vizinhos tá na hora de acabar com essas festas noturna e dar bom exemplo dona nenen de lála

    ResponderExcluir
  22. emanuel nao sei se voce sabe e sei que voce nao tem nada a ver,mais o conselho de segurança do municipio sabe o spaço mix continua com suas festas ate tres e meia da manha nas quartas sabados as vezes ate as quatro horas,ate o policiamento nao entra naquela rua,la entra caminhao porque nao entra uma camionete pequena,eu sei que neymar e quem ta comendo a bola mais a policia daqui eu nao sabia.

    ResponderExcluir
  23. Acho o Seguinte Emanoel Neri... que a pessoas sem doutrina, sem educação não tem condições de liderar uma cidade! muito menos um grupo! erros são comuns aqui de baixo do sol mais errar e continuar no erro, ele acaba se tornando um tolo, pessoas desse nivel é melhor que esteja bem longe da nossa cidade.

    ResponderExcluir