quinta-feira, 19 de abril de 2018

Moradores de São Miguel do Gostoso são contra abir "boca da barra" para esvaziar a bela lagoa do Cardeiro


Por Emanuel Neri
Atenção para este gravíssimo crime ecológico que estão querendo cometer em São Miguel do Gostoso.
Alguns moradores da cidade defendem a abertura de uma enorme vala para que a água da lagoa do Cardeiro, que nunca esteve tão cheia como está agora, escoe para o mar. Se isso acontecer, será cometido um grande crime ambiental . Além da água, todos os peixes da lagoa vão escoar para o mar.
Fazer com que a água da lagoa do Cardeiro (foto acima, de autoria do site descubragostoso) escoe para o mar é uma tradição da cidade. Tem até um nome específico para definir esta operação: “abertura da boca da barra”. Mas, desta vez, esta iniciativa causou enorme reação, na cidade, entre pessoas comprometidas com a defesa do nosso meio ambiente.
Com as últimas chuvas, a lagoa do Cardeiro recebeu grande quantidade de água. A ressaca do mar, ocorrida há mais de um mês, também contribuiu para que a lagoa alcançasse níveis altíssimos de volume e extensão de água. E a lagoa está  belíssima, depois de ficar praticamente vazia com mais de  seis anos de seca.
Quando se chega à praia do Cardeiro, ou no acesso à praia do Santo Cristo, você se depara com uma beleza incomum, belíssimo cartão postal da cidade. Parece mais um braço de mar estendido por enorme área, além de exuberante vegetação de seu entorno. Esta lagoa é um presente da natureza a São Miguel do Gostoso.
Como querer, então, destruir, de uma hora para a outra, toda aquela beleza que a natureza nos deu e todo aquele importantíssimo ecossistema da nossa cidade?
Tudo isso fez com que muita gente se revoltasse contra a iniciativa de “abrir a boca da barra” desta lagoa. Nos últimos dias, as redes sociais foram inundadas por mensagens de protestos, algumas com vídeos de moradores condenando a iniciativa. A hastag #soslagoadocardeiro foi criada para defender o movimento.
Com tamanha reação popular, parece até que o Deus Natureza se aliou a este movimento. Parou de chover e isso fez com que o nível da água não continuasse a subir, aumentando a fúria de quem quer esvaziar aquela lagoa.
Palmas para esta reação. A Prefeitura informou que não mandará seus tratores abrirem a lagoa para o mar. Nem autoriza ninguém a fazer isso. O secretário de Meio Ambiente de São Miguel do Gostoso, Fernando Castro, confirmou a este blog que a “boca da barra” da lagoa não será aberta por ser uma agressão à natureza. O Idema, órgão de defesa ambiental, também proibiu a operação.
E sabem por que querem abrir a “boca da barra” da lagoa da lagoa do Cardeiro?
Muitos terrenos entre as praias do Cardeiro e do Santo Cristo avançaram sobre a lagoa. E algumas construções foram feitas muito próximas à área de águas. O resultado é que, quando a lagoa enche, como atualmente, invade áreas destas propriedades. E aí vem a ladainha de pedidos para abrir a “boca da barra” e esvaziar a lagoa.
As águas da lagoa do Cardeiro, embora em menor quantidade, se estendem por outras praias da cidade, entre elas Xepa e Maceió. Com isso, sobe o nível do lençol freático e o sistema de fossas sépticas da cidade também é afetado. Seja como for, esvaziar a lagoa jamais será uma solução para estes tipo de problema.
Talvez uma das melhores definições da lagoa do Cardeiro tenha sido dada por um homem muito simples da cidade, que em conversa com o autor deste blog se manifestou contra a abertura da “boca da barra” da lagoa.
“Aquilo é uma boniteza que nunca deve ser acabada”, disse.
Parecendo mais um movimento espontâneo, dezenas de pescadores sentam-se todas às tardes, às margens da lagoa, pescando peixes, em especial tilápias de até um palmo de comprimento, que estão naquelas águas. E ali já há uma infinidade de outras espécies, incluindo camarões, para alimentar a população local. Pessoas também são vistas no local praticando esportes náuticos a remo (foto acima).
Se você ainda não viu como a lagoa do Cardeiro está bonita, vá lá para ver este belo espetáculo – e fique maravilhado com toda aquela exuberante beleza.
Querer acabar com toda esta “boniteza”, como definiu um legítimo gostosense, é um gravíssimo crime – ecológico e da esplêndida beleza natural do local.
Em nome da preservação da nossa natureza, São Miguel do Gostoso terá que agradecer a todos aqueles que se levantaram em defesa da lagoa do Cardeiro.

23 comentários:

  1. Seria mesmo um crime se abrirem a boca da barra a lagoa está linda e deve permanecer assim até a própria natureza mudar o cenário. Quanto às pessoas que fizeram construção naquela região eu só lamento que não tenham visto que a lagoa um dia voltaria a encher. Estamos juntos para não deixar que pessoas tentem abrir a barra não vamos deixar que esse crime aconteça .

    ResponderExcluir
  2. Mexer na natureza ? Nunca deu certo. Depois não vão se arrepender. Será tarde demais

    ResponderExcluir
  3. Sempre houve essa abertura da barra e ninguém nunca falou nada, não dá pra enter toda essa revolta agora. Claro que a lagoa é bonita e o melhor seria que continuasse assim, mas querer jogar a culpa da abertura da barra nos donos dos terrenos de seu entorno é de uma hipocrisia sem tamanho, pois muito antes de existirem construções ali a barra já era aberta. Então, vamos deixar de choradeira e passar a nos preocupar em achar soluções de verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caso isso venha a acontece, será um descaso com a natureza, essa lagoa só veio enriquecer ainda mais a nossa cidade, espera-se que os órgãos competentes nao deixem isso acontecer, deixando toda essa beleza se acabar.

      Excluir
  4. Senhor secretário de educação cadê a merenda escolar do nossos alunos deixar faltar merenda escolar é crime pois sabemos que o dinheiro vem todo mês. Eu como mãe de aluno quero saber onde está o dinheiro da merenda escolar e não aceito todos os dias as crianças saírem cedo da escola por falta de merenda.cadê o compromisso com nossa educação.??

    ResponderExcluir
  5. O sistema utilizado pela população atuameatua é fossa rudimentar e não fossa séptica, essa não afeta o lençol freático ou o meio ambiente. Ok! Só uma observação.

    ResponderExcluir
  6. Afinal de contas a entrada da cidade vai ficar cheia de buracos? E onde está as plantas que foram plantadas no projeto?

    ResponderExcluir
  7. Sim, realmente no passado sempre existiu a abertura da barra, assim como também, no passado capturavam tartarugas e coletavam os ovos. Porém hoje as pessoas tem outro pensamento quanto ao meio ambiente, não é mesmo? consciência ambiental, respeito a natureza e biodiversidade ou coisa parecida, entendeu amigo?

    ResponderExcluir
  8. Aos senhores que são a favor da abertura da lagoa do cardeiro, se os senhores não sabem, pois fiquem sabendo, que a reserva freática de São Miguel do Gostoso é pobre, e que com certeza, mesmo sendo salobra, a nossa lagoa do cardeiro, tem uma importância fundamental na reposição da água no lençol freático.

    ResponderExcluir
  9. Precisam de terra seca pra lotear?

    ResponderExcluir
  10. Quando houver o próximo leilão de lotes a 500 cruzeiros, por favor avisem a todos os interessados, não só aos que já pagaram por fora!

    ResponderExcluir
  11. Deixem a lagoa do cardeiro viver em paz a natureza precisa de descanso e não vamos permitir que ninguém danifique aquela área .já basta tantas construções próximo a lagoa respeitem os limites.

    ResponderExcluir
  12. Merenda escolar é um direito do aluno. Pergunto ao poder público: por que falta merenda escolar nas escolas? Qual motivo leva isso a acontecer? Sabemos que muitas crianças saem de casa sem tomar café da manhã muitas vezes por não ter. Outras saem sem almoçar e todos os alunos do Distrito saem sem jantar por isso é inaceitável que falte merenda nas escolas é necessário que o responsável pela merenda escolar não deixe faltar para que esses alunos não fiquem com fome em sala de aula. Isso é um direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um direito nosso e dever deles. Merenda não é de graça e o povo pobre paga por ela. Se não tem merenda então onde está o dinheiro?

      Excluir
  13. O belo cartão postal da cidade que no momento é a lagoa do cardeiro necessita de limpeza urgente já estamos com um mal cheiro naquela região devido ao acúmulo de folhas e alguns lixo seria muito importante se a prefeitura providenciase a limpeza

    ResponderExcluir
  14. Mal cheiro se dará se abrirem a barra, o fedor da lama será insuportável.

    ResponderExcluir
  15. Xêpa está pedindo socorro, acabou a paz orgãos publicos, policia, prefeitura, promotoria, passa das duas horas e som altissimo não existe mais leis nessa cidade para essas pessoas!!!!

    ResponderExcluir
  16. A ONG Anjus tem colocado sempre a culpa nas raposas será que é as raposas ou vcs estão trabalhando menos?

    ResponderExcluir
  17. Vergonha para nossa cidade sem lei e respeito ao silêncio. Os idosos que tem problema de dormir é que sofre . Meus amigos do som alto vocês um dia vão ser vovozinho

    ResponderExcluir
  18. O mais impressionante é que os cuidadores das tartarugas não gostam quando a população faz queixas sobre o trabalho deles entendo que é difícil visitar todos os ninhos mas também não se pode dar nenhum vacilo por que se sabem que naquela região tem raposa então deve-se cuidar melhor daquele ninho. Também se deve dividir melhor esse trabalho pra não sobre carregar alguns componentes da ONG. Por que tem um cidadão que só quer ter nome dentro da ONG mas não vai atrás dos ninhos por que fala que está sempre ocupado mas na hora de falar sobre a ONG é o primeiro que dar seu discurso. Acho que precisa ser feito um trabalho de conscientização nesse grupo ANJUS para que todos trabalhem em prol das tartarugas para que as pessoas não fiquem postando nas redes sociais o descaso que viram com as tartarugas

    ResponderExcluir
  19. Sobre a ANJUS hj mesmo dia 01/05 por volta das 9:30 da manhã vi o quadriciclo da ANJUS com um rapaz que faz parte da ONG passeando nas ruas entre São José e monte Alegre .isso é um abuso em usar esse meio de transporte para fins próprios.

    ResponderExcluir
  20. Eu também tenho visto o quadriciclo sendo usado para passeios aqui dentro da cidade e isso pra mim não é correto por que esse quadriciclo é para o trabalho de conservação dos ninhos de tartarugas. Mas tem gente levando o filho pra escola isso não é permitido por ser um transporte de uma ONG.

    ResponderExcluir
  21. Sobre a lagoa do cardeiro seria muito importante que as autoridades do nosso Município ou até mesmo o IDEMA não permitisse que pesquem com redes ou mangotes, pois os mangotes arrastam tudo fazendo com que matem os peixes muito pequenos, fica a qui essa dica, pois se continuarem a pescar de mangote logo logo acabará com os peixes existentes na lagoa do cardeiro.

    ResponderExcluir