quarta-feira, 1 de março de 2017

Protestos contra Temer no carnaval. Registros para animação em São Paulo e em São Miguel do Gostoso



Por Emanuel Neri
Acabou o carnaval. O que sobrou do carnaval?
Um dos fatos que marcaram o carnaval, em praticamente todo o país, foram os protestos contra o presidente Michel Temer. O folião aproveitou a irreverência do Carnaval para protestar contra um governo que, além de ser considerado ilegítimo, tem reduzido direitos sociais e não tem melhorado em nada a crise econômica do país.
Em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife, cidades de maiores concentrações carnavelescas no país, era comum ouvir o “Fora Temer” gritado por “puxadores” de blocos e grupos carnavalescos. O cantor Caetano Veloso puxou o coro do protesto contra Temer em um show em Salvador. Em São Paulo e Rio, o grito de protesto estava por toda parte.
E não foram só os gritos de “Fora Temer” que marcaram os protestos contra o atual presidente. A insatisfação também estava registrada em placas e em fantasias de foliões. Em São Paulo, uma mulher grávida desfilava com o barrigão de fora, pintado “Fora Temer”. No Rio, outra mulher exibiu seu protesto no ousado decote de seu vestido.
Quase sempre os protestos contra Temer estavam carregados de bom humor. Um grupo de rapazes de um bloco de São Paulo usava camisetas com a frase: “Me beija que eu não sou golpista” (foto acima). Uma mulher escreveu “Fora Temer” nos seios, nus. Nem mesmo a mídia favorável ao governo, entre eles a TV Globo, conseguiu ignorar os protestos.
Outro fato que marcou o Carnaval-2017 foi o impressionante crescimento do carnaval de rua de São Paulo. Até pouco tempo atrás, São Paulo virava um deserto nos dias de Carnaval. Com exceção do sambódromo do Anhembi, local dos desfiles das escolas de samba, e de um ou outro bloco de rua, o resto era uma cidade sem sinal de carnaval.
O poeta e compositor Vinícius de Moraes chegou a dizer, em uma de suas entrevistas, que São Paulo era o “túmulo do samba”. Agora já não é mais. Mesmo sem ter o samba como seu principal foco, no carnaval de São Paulo ouve-se de tudo: samba, frevo, rock, forró, axé, música eletrônica e até, acreditem, música sertaneja.
Cada bloco de São Paulo tem um estilo de música que leva para as ruas. Trata-se de um carnaval multicultural e musicalmente diversificado. E os blocos paulistanos arrastam multidões. “Acadêmicos do Baixo Augusta”, por exemplo, arrasta mais de 200 mil pessoas. O mesmo acontece com “Domingo Ela Não Vai” e muitos outros blocos paulistanos.
A explosão do carnaval de São Paulo começou com o prefeito Fernando Haddad, que governou a cidade até o final do ano passado. Haddad abriu as ruas para este tipo de festa. O domingão na avenida Paulista, via símbolo da cidade, desencadeou um processo de ocupação dos espaços públicos que mudou a cara sisuda de São Paulo.  
Em 2017, o carnaval de São Paulo foi considerado, em termos de público, o segundo maior do Brasil – só perdendo para o Rio. E isso já está se refletindo no turismo local. Os hotéis da cidade registraram este ano significativo aumento de ocupação, o mesmo ocorrendo com bares e restaurantes. São Paulo faturou R$ 750 milhões com seu carnaval.
O carnaval de São Paulo cresceu tanto que já ocupa o terceiro lugar em eventos que mais atraem turistas e contribuem para o aumento do faturamento de hotéis e do setor de alimentação da cidade. Perde apenas para o Grande Prêmio de Fórmula 1 e a Parada Gay. E todo este crescimento aconteceu em pouquíssimo tempo: três anos.
Por fim, o carnaval de São Miguel do Gostoso que, segundo as informações, também foi animado e atraiu turistas para a cidade. Grande parte das pousadas e restaurantes estava cheio. Destaque para o bloco “Descoladas da Madame Chita”, que saiu no domingo. Outros blocos de rua saíram, sempre animados, outros dias na cidade.
Este ano o carnaval na praia da Xepa se estendeu até 4h da manhã – em anos anteriores ia até 2h e, no ano passado, até 3h. A polícia acha que o carnaval até mais tarde aumenta o risco de arruaças provocadas por bebedeiras. E muita gente reclamou, via noBalacobaco, do barulho excessivo na Xepa e da extensão da festa ate às 4h da manhã.
Outro ponto de reclamação do carnaval de São Miguel do Gostoso foi o baixo nível das músicas executadas nos shows da praia da Xepa. Apesar da presença de grande número de crianças e adolescentes naquela festa, uma das músicas mais executadas, pasmem, foi "Soca a pica". Isso pega muito mal. Está na hora de a Prefeitura local fazer uma melhor seleção das bandas e do tipo de música que se executa naquela festa.
Enfim, o carnaval/2017 foi um pouco disso tudo. Irreverência e protestos políticos contra o presidente Michel Temer, explosão de alegria no carnaval de São Paulo, antes conhecida como “túmulo do samba”. Em São Miguel do Gostoso, houve organização, animação e, de certa forma, uma certa tranquilidade durante os quatro dias de Carnaval. Mas também houve os pecados de sempre, como o baixo nível musical, no carnaval local.
Agora é esperar pelo carnaval de 2018.
Leia, nos links abaixo, reportagens sobre o carnaval de 2017, em todo o país.
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/jornal-nacional-enfim-admite-o-fora-temer-no-carnaval/
http://g1.globo.com/carnaval/2017/noticia/folioes-e-blocos-protestam-contra-o-presidente-temer-no-carnaval-pelo-pais.ghtml
http://g1.globo.com/bahia/carnaval/2017/noticia/2017/02/protesto-contra-o-presidente-temer-para-andar-de-trios-no-carnaval-da-ba.html
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/nao-adiantou-tentar-esconder-o-fora-temer-invadiu-a-globo-no-carnaval-por-kiko-nogueira/
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/02/1862220-carnaval-de-sp-exalta-diversidade-atrai-folioes-de-fora-e-anima-hoteis.shtml
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/03/1862603-temer-tenta-reagir-a-queda-de-escudeiros-peemedebistas.shtml
http://carnaval.uol.com.br/2017/noticias/agencia-estado/2017/03/01/em-sao-paulo-pos-carnaval-tera-blocos-nas-ruas-ate-o-dia-11.htm

46 comentários:

  1. Gostaria de deixar aqui meu comentário sobre a baixíssima qualidade das músicas tocadas neste carnaval em São Miguel do Gostoso.

    Gostoso é uma cidade linda e especial, frequentada hoje em dia por pessoas de todo o mundo em busca das nossas praias, nosso calor humano e, ACREDITEM, elas vêm também por causa da nossa música. Merecíamos coisa melhor!

    O carnaval é um momento de mistura de ritmos e de diversidade musical. O Brasil tem uma riqueza enorme de artistas com estilos variados e ricos, numa pluralidade cultural quase infinita. Essa informação ficou na gaveta ou esquecida quando decidiram sobre o que iria tocar e animar os nossos foliões em Gostoso. O que se viu de verdade, o que reinou mesmo, foi uma derrama de pancadões e ruídos sem letra, sem melodia e sem beleza. Passei dias ouvindo “soca a pica, soca a pica, soca a pica” e observando pessoas que pareciam realmente acreditar que aquilo se tratava de música. Na sequência, provavelmente vinha aquela “vem descendo com a bunda no chão, vem descendo com a bunda no chão” ou outra pior, em frases iguais repetidas duzentas mil vezes. Sinto muito, mas nossos ouvidos não poderiam ter sido confundidos com penicos ou vasos sanitários. Em meio à festa ali na praia, ouvi inúmeras pessoas reclamarem a mesma coisa. Estamos esquecidos? Ouvi pais e mães se preocuparem com que qualidade de música seus filhos estão ouvindo com quatro, cinco anos de idade.

    Nada contra sexo e, por que não dizer, amor. Não há nada mais humano do que amor e sexo, principalmente quando traduzidos de uma forma bela, criativa e poética. E a música brasileira verdadeira tem tudo isso. Outra coisa é você falar de amor e sexo cantando “soca a porra vai caraio, soca a porra vai caraio” o que seria de uma forma estúpida, grosseira, embrutecida, animal e vazia. Foi o que mais se viu. Em um raro momento, entrou uma banda diferente embalada pela cantora Olga, que deu um alívio (pena que por tão pouco tempo) aos nossos pobres ouvidos e cantou algumas músicas de axé. Foi uma maravilha! Alguém não percebeu que o publicou amou isso? Alguém não viu que a animação foi imensa demonstrando que existem seres humanos ali que desejam outros ritmos? Parabéns a esta bela jovem que deu um show com um visual lindíssimo com músicas maravilhosas e com uma alegria contagiante. As pessoas normais lhe agradecem de coração!

    Não entendo como são escolhidas as bandas e seus repertórios numa festa como essa, mas deixo aqui, para quem quer que tenha sido cúmplice com essa tristeza, os meus mais honrosos pêsames musicais.

    ResponderExcluir
  2. o que tenho a dizer é que ate 4 da manha foi pouco,esqueceram do reveillon das estrelas que teve dias que foi ate 6 da manha!!!, mais como era a classe 5 estrelas, pousadas lotadas...entao tudo bem ne...sobre a as musicas, se crianças estavam na praia foi o pai ou a mae que levou, outra coisa... pior era no reveillon das estrelas que o sexo rolava solto na beira da praia... rsss..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondendo ao leitor ai de cima. Não foi o autor deste blog quem levantou a questão do horário do encerramento da festa na praia da Xepa - até porque ele não estava em São Miguel do Gostoso. Quem reclamou do horário da festa até 4h da manhã foram moradores da cidade - e manifestaram suas opiniões (e são muitas, basta ver nos comentários deste blog). O leitor é livre para manifestar suas opiniões. Se o morador se sente prejudicado pelo motivo de a festa ter terminado somente às 4h da manha, tem todo o o direito de reclamar. Este espaço é livre para isso. Mais: as festas do final do ano a que o leitor acima se refere foram realizadas - e ele sabe disso - fora do perímetro urbano da cidade. Mais precisamente, o palco destas festas foi montado na estrada que liga São Miguel do Gostoso ao Reduto - por isso, o barulho da festa não foi ouvido na cidade. Além disso, a principal festa do reveillon deste grupo, a do dia 31 de dezembro, foi realizado no Farol do Calcanhar, bem longe de São Miguel do Gostoso. Portanto, não é correto comparar as festas do final do ano com outras festas que são realizadas na praia da Xepa, em plena área urbana de São Miguel do Gostoso.

      Excluir
  3. Concordo com vc Marquinho.

    ResponderExcluir
  4. As festa do fim de ano não impedia das pessoas dormirem por que a noite era realizada no final da praia de gostoso. Porém o que aconteceu no carnaval foram músicas de baixo nível e pior que denegrindo a mulher o tempo todo isso precisa acabar acho que esse tipo de música precisa ter um fim nos carnavais. As bandas tem que melhorar o repertório e sair dessa baixaria e isso deve ser dito ao organizador de eventos desse município

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O leitor acima tem razão. As festas do final do ano não foram realizadas dentro da cidade. A arena onde as festas foram realizadas, entre o dia 27/12 e 30/12, estava instalada no início da estrada entre São Miguel do Gostoso e Reduto, ou seja, fora da área urbana da cidade. Outra questão levantada pelo leitor diz respeito ao baixo nível das músicas executadas durante o carnaval deste ano, nos shows/bailes noturnos da praia da Xepa . O leitor tem razão. Este tipo de música é apelativo e desrespeitoso em relação a crianças e adolescentes que estão presentes à festa. O Código da Criança e do Adolescente proíbe e pune este tipo de desrespeito aos jovens. Se isso não bastasse, este tipo de música estimula e excita a sexualidade dos jovens - por isso mesmo é previsto sua punição em lei (Código da Criança e do Adolescente). Por este motivo, a Prefeitura de São Miguel do Gostoso tem que ter mais cuidado com a seleção dos músicos - e das músicas - que se apresentarão em festas públicas, como foram os shows/bailes de carnaval realizados na praia da Xepa.Músicas que incitam a sexualidade, que tratam a mulher com desrespeito e que estimulam a violência devem ter suas execuções limitadas (ou proibidas) por órgãos públicos - no caso, a Prefeitura local.

      Excluir
  5. O revellom não teve nenhum prejuízo para a cidade,pelo o contrário muito emprego durante os 5 dias.os ataxicisstas,mototaxi,os restaurante nunca venderam durante os dias,padarias,supermercado enfim tudo.e hj tem mais de 500 pessoas empregadas nessa cidade pelo o turismo.e em relação ao Carnaval as músicas de baixo nível denegrindo a imagem das mulheres e fazendo apologia as drogas.isso não pode acontecer em nossa cidade.seria bom que os organizadores e as pessoas responsáveis pelos eventos.e os pais levam os filhos porque sempre o Carnaval de gostoso era um Carnaval familiar.nao de baixaria ate as 4:00 da manhã.cade o Carnaval da tarde como antes.

    ResponderExcluir
  6. As músicas foram um desrespeito à população de Gostoso. Não era música de Carnaval como tem no Recife, Salvador e outros. Que música era aquela ? Que tristeza. Sabendo que o dinheiro saiu do bolso do povo, que tivemos que pagar para ouvir aquelas músicas foi jogar dinheiro fora porque sei de muita gente que não ficou na festa porque a musica era horrível. Mais respeito com o dinheiro do povo por favor. Dinheiro não cai da árvoré !!
    Leidinha

    ResponderExcluir
  7. Sabemos que vcs vão defender a festa do final do ano até a morte porque interessa a vcs,mas o barulho dá festa pertubar sim as pessoas do Maceió e tem mais a festa do pé na areia fazia parte do réveillon de gostoso,e era no centro da cidade do lado dá pousada só alegria e afetava a pousada dos ponteiros que fica um pouco mas embaixo,o barulho era enorme então não venham com bla blá blá ,agora a festa beneficiava vcs aí vcs eram todos caladinho ,ano que vem tem que ser até às seis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O leitor aí de cima está enganado - ou acha que pode enganar as pessoas. Não tenho nenhuma procuração para defender neste espaço a festa do reveillon, organizada pela empresa Mates. Mas a verdade tem que ser dita. A festa Pé na Areia a que o leitor se refere funcionava, no Spaço Mix, entre 10h da manhã e no máximo 22h ou 23h. Em uma única noite esta festa se prolongou até a madrugada. Houve muitas reclamações de moradores e vizinhos, inclusive publicadas por este blog, e os organizadores da festa vieram a público e divulgaram um comunicado oficial se desculpando à população de São Miguel do Gostoso pelo fato de, naquele dia específico, a festa do Pé na Areia ter se estendido até a madrugada. Foi este, aliás, o acordo feito com a Prefeitura e a comissão da AEGostoso que definiu as condições para a realização daquelas festas de reveillon. E estas condições estabeleciam que o Pé na Areia funcionaria até 22h ou 23h. Já as festas noturnas, realizadas depois do final do Maceió, na estrada entre São Miguel do Gostoso e Reduto, fora do perímetro urbano, estas sim se prolongariam até a madrugada. Outra condição negociada com os organizadores do reveillon foi que nenhuma das festas seriam realizadas na beira da praia - e isso tinha como objetivo não afetar os ninhos de tartarugas que existem ao longo do litoral de São Miguel do Gostoso. E este acordo foi cumprido fielmente. O Pé na Areia funcionou nos limites do Spaço Mix, enquanto a arena na estrada do Reduto tinha uma tela alta que impedia o acesso de pessoas às praias. Tem mais: também fez parte do acordo que a festa do dia 31 de dezembro não seria realizada em São Miguel do Gostoso para evitar transtornos na cidade. Por este motivo, a festa do dia 31, na virada do ano, foi realizada no farol do Calcanhar, já no município de Touros, a 25 km de São Miguel do Gostoso. Esta é a verdade sobre as festas do reveillon que foram realizadas, no final de dezembro, em São Miguel do Gostoso.

      Excluir
  8. O carnaval de salvador toca todas essas músicas e é o maior sucesso e ninguém fala nada

    ResponderExcluir
  9. As músicas eram tão imorais que só fui um dia para o carnaval não poderia deixar meus filhos ouvirem uma imoralidade daquela e acho que quem organizou a festa não se preocupou com esse detalhe o que eu acho é que o conselho tutelar desse município não tem feito nada para impedir crianças em festas noturnas e deveria ter tido conhecimento do repertório que seria cantado no carnaval

    ResponderExcluir
  10. Na verdade se for reclamar das músicas tem que reclamar de todos os carnavais por que não foi só em São Miguel do gostoso que tocou estas músicas não. Na verdade pra vocês só São certo o que covem pra vocês e não pra São Miguel do gostoso. Isso não foi os moradores node São Miguel não no mínimo foram posadeiros ou babaos que criticam tudo de São Miguel do gostoso. Isso é com som alto e tudo mas mas o autor deste blog não lembra da festa que deu em sua até altas horas. E as festividades do final do ano do bossa Nova e jazz. E a outras só critam o que não os favorecem. Acodem que o vermelho acabou .espero que o autor deste blog poste esta mensagem.

    ResponderExcluir
  11. O autor desse blog não engana ninguém. A economia do país já está melhorando, de forma lenta, apesar dos rombos deixados pela desvairada incompetente Dilma, que queria nos transformar em Venezuela. E uma sugestão aos comunistas como Caetano Veloso: abdiquem de sua vida luxuosa no Brasil e se mudem para Cuba, pois lá é que é bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo num tempo trágico de golpes e retrocessos de civilização como esse que vivemos (de Trumps, Bolsonaros, Temeres, Cunhas...) ainda fico abismado com um comentário insano, preconceituoso, autoritário, violento e medíocre como esse 👆 ... Verdadeiramente digno de "um papagaio da Globo ou da Veja". Santo Deus...!

      É tão autoconsciente de suas inconsistência e indecência que não chega a ter coragem de colocar o próprio nome abaixo do que escreve.

      Uma lástima!!!!!

      Excluir
  12. Mais respeito Prefeitura com o povo de São Miguel. Não somos o tipo de gente que vocês pensam. Vou dizer que existe um grande número de evangélicos nessa cidade e que nenhum aceitou essas depravaços de música assim como muita família de bem. Tem gente que falou das festas de final do ano aqui e do carnaval da Bahia. Não moro na Bahia? O que os outros fazem não nos diz respeito. Vamos respeitar os moradores da cidade . Estão sim é acabando nossa cultura e querem impor nossos filhos uma coisa que Graças à Deus não ensinamos a eles. E chega. Vamos parar de hipocrisia que quase todos aqui dependem das pousadas e dos turistas, é com ele que crio meus filhos. O dia que acabar pousada e turista, nós vamos vive de quê? Ingratos isso sim.
    Jane

    ResponderExcluir
  13. Gostei do conteúdo da publicação!

    ResponderExcluir
  14. Ótimos comentários!

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde!que pena esses leigos pensam assim,em falar que vermelho acabou o vermelho e o seu sangue.aqui oque estamos debatendo e com o tipo de músicas que foram tocadas nesse Carnaval só baixaria toque frevo a Olga fez sucesso com as músicas.mais mesmo assim foi criticada.porque não cantou a música pica .pica ou porta caralho.oque vc acha seu leitor ai de cima.se toca.outra coisa não venha falar que boas jazz fez barulho.as músicas foram lindas.a cidade lotou isso quer dizer turismo e todos nos precisamos do Turismo.tosos tem um monte de empregados que não depende de prefeitura que 4anos.o réveillon foi ótimo não perturbou ninguém foi longe da cidade.se toca caro amigo ou amiga.o povo agora não vive só de prefeitura não.acho que vc ai é que um babão.o verde acabou o vermelho acabou já já o azul acaba meu querido.vamos pensar em nossa Cidade linda e maravilhosa.onde o turista chega e sente em casa com a hospitalidade das pessoas daqui.queto que venha revellom.bozz jazz.mostra de cinema.espero que o novo gestor que entrou pense nisso,não colocar as festas até de manha.como dos o leitor até as 6:00 viva são migu el do gostoso pense bem o senhor prefeito.na nossa cidade.ok

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde!porque que o Carnaval de gostoso não começa às 5:00 hora da tarde.para as 9:00 retoma as as 10:00 E vai até as 2:00 hora ai sim que é um carnaval organizado.por que depois todo mundo ia relaxar e dormir,não até 4:00 ou 5:00 da manhã absurdo.ouvindo músicas baixas de péssima qualidade.

    ResponderExcluir
  17. Essas pessoas que dizem que as músicas tocadas em Salvador também tocou aqui é muito ignorânte .estamos falando que são músicas imorais sem nenhuma letra e que denegrine a mulher o tempo todo e esse povo ainda acharam bom kkkk ou povo ignorante. Aja paciência com gente de mal gosto. E ainda fala mal do dono do Blog kkkk esse povo não sabe nem o que é um bom carnaval precisam aprender a ter bom gosto musical .mas eu acredito que faltou a equipe organizadora determinar um bom repertório. Ver se aprendem pra no próximo ser bom

    ResponderExcluir
  18. Só quem cantor umas músicas boa foi olga porque o resto foi horrível

    ResponderExcluir
  19. Situação das escolas do município continua a mesma professores sem curso superior vão dar aula ao ensino fundamental isso é lamentável para os nossos alunos. Isso vai provocar uma grande deficiência no aprendizado e vai distanciar esses alunos das escolas federais e também das universidades. Pena que não educação do nosso município haja politicagem. Levaremos o caso a promotoria só vamos permitir professores formados na área de atuação

    ResponderExcluir
  20. Que absurdo !nós pais não vamos permitir que pessoas com ensino médio dê aulas a nossos filhos não vamos cruzar os braços pra uma coisa dessa isso é uma falta de respeito com os alunos do município

    ResponderExcluir
  21. Muito bem dito aí acima. Nós o povo de São Miguel não vivemos de Prefeitura e sim sustentamos ela é os salários de todos que trabalham lá pagando imposto quando a gente compra de um quilo de açúcar no mercado a um pão na padaria. Portanto o dinheiro da Prefeitura vem do suor do Povo. Queremos respeito com o nosso povo e o nosso dinheiro. Fiquei com vergonha do nosso Carnaval. Horrível !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  22. Quem não vive das Pousadas ou do turismo vive do povo que trabalha nas pousada e gasta o dinheiro deles no comércio. Ou tem indústria ou mina de ouro em São Miguel? Se tiver me manda o endereço que eu vou deixar meu currículo lá.

    ResponderExcluir
  23. prefeitura,de saõ m.do gostoso,deixar cortar luz,da praia da xepa,do ginasio esportivo,dos porçoes do saae,do terminal turisco,da praçinha do marceio, o desmantelo já comerçou,prefeito mal assesorado....o poste das ruas da cidade,a maioria,as luzes tudo queimada,..prefeito vamos acordar,

    ResponderExcluir
  24. Que coisa absurda faltando água em toda cidade porque as bombas não podem funcionar por falta de energia ruas no escuro que vergonha senhor prefeito já comecou a bagunçar tenha respeito com o povo que lhe elegeum paga as contas atrasadas

    ResponderExcluir
  25. Estamos sem água na rua da creche ajudar 3 dias um absurdo precisamos urgente de uma resposta senhor prefeito

    ResponderExcluir
  26. Com certeza a Prefeitura sabia que a Cosern ia corta a eletricidade da cidade. Eles manda muitos aviso antes de cortá e nada foi feito. Até as bombas que puxa água pra cidade parou. Que caos é esse ? Dinheiro pro Carnaval não faltou né? Vai pagar a luz da cidade ou o quê. Prefeitura tenha dignidade e converse com o povo que sustenta a prefeitura e o salário de vocês. Obrigado sr Emanuel pelo espaço para o povo sacrificado se desabafa.
    Moisés

    ResponderExcluir
  27. Reclamar de água e luz? O importante é nossa bolsa família

    ResponderExcluir
  28. Saiu no jornal que o ministério público está em São Miguel . Com tanta notícia ruim só faltava essa. O que será que esta acontecendo com nossa cidade? Na crise desse governo Temer não podemos brincar com o pouco dinheiro que sobra do nosso suor.

    ResponderExcluir
  29. Prefeito concerte as ruas de gostoso porque está um caos todo o calçamento tem buracos nossas motos e carros estão se quebrando por causa desses buracos

    ResponderExcluir
  30. O pior é a rua das Ostras que ficou pela metade. Parou ali. Parece que é a parte pobre com a outra rica. Onde já se viu um troço desses. É de dar a moléstia!

    ResponderExcluir
  31. Secretário de educação tenta esconder pessoas não graduadas dando aula nos distritos isso é crime .várias pessoas foram contratadas para dar aula nos distritos com apenas o ensino médio isso não pode foge à lei e vamos denunciar ao ministério público. Portanto segure as respostas senhor secretário porque o senhor vai ser chamado

    ResponderExcluir
  32. Estamos vendo o excesso de contrato uma coisa absurda na creche temos 9 ASGS e 2 porteiros no mesmo horário kkkk foi muita Promessa que Renato fez e agora tá lascado quero saber onde vão arranjar dinheiro pra pagar a folha

    ResponderExcluir
  33. Estamos vendo o excesso de contrato uma coisa absurda na creche temos 9 ASGS e 2 porteiros no mesmo horário kkkk foi muita Promessa que Renato fez e agora tá lascado quero saber onde vão arranjar dinheiro pra pagar a folha

    ResponderExcluir
  34. Cade os defensores do prefeito? Agora e a vez de Renato, hora da mudanca. Alem da falta dagua e Luz, as aulas nao iniciaram. Todo ano e isso, por isso SMG tem tantos analfabetos na cidade. A vida Para os politicos fica mais facil assim, Vida de gado.

    ResponderExcluir
  35. Gente carnaval faz parte da nossa cultura, se as bandas tocaram músicas que não condiz com as origens do verdadeiro carnaval é uma coisa, curti essas músicas nojentas quem quer, quem não quer não vai nem perto, pelo menos foi isso que fiz.

    ResponderExcluir
  36. Na gestão passada o povo falava muito mal de Teresa Neri, mas devo garantir que igual a ela não teve nem nunca vai ter na secretaria de saúde porque ela podia até ser chata mas é muito trabalhadora num período como esse ela já estava se movimentando para não deixar a dengue chegar no nosso município e esse secretário de fazer de conta tá só ganhando o dinheiro sem trabalhar.

    ResponderExcluir
  37. Prefeito tape os buracos nas ruas por favor

    ResponderExcluir
  38. Prefeito contrator pessoas semi-analfabetas para ficarem em bibliotecas e sala de leitura pessoas que desconhecem leitura e autores que absurdo é esse senhor prefeito

    ResponderExcluir
  39. eita que esse polvo ainda nao entendeu que a mamada acabou,renato vai ser o melhor prefeito que sao miguel do gostoso ja teve,vs coloquem isso na cabeça e parem de recalque porque vcs sao adversário desempregados e por mas que esteja bom vcs nunca vao aceita,mas aceita que doi menos

    ResponderExcluir
  40. Ruas muito esburacadas em toda cidade vamos concertar senhor prefeito

    ResponderExcluir
  41. Se não gosta da música num fica perto ? E o carnaval do povo. Carnaval custa dinheiro do bolso do povo, aí vai agradá uma minoria ? Então faz dois tipo de carnaval em lugar diferente. Tem muita senhora e senhor com seus filhos que gosta da festa. Pagamos por uma festa que foi triste. Muito jovem não gostou também.
    Nice

    ResponderExcluir
  42. Tereza Neri a frente da saúde do nosso Município tudo melhorou, logo no início alguns funcionários se revoltaram com ela, só porque ela os colocou para trabalhar de verdade, pois antes na saúde do município certos funcionários viviam de fofocas e malandragens.

    ResponderExcluir